30 de janeiro de 2015

ATENÇÃO, IRMÃOS E IRMÃS DE FARDA! VOCÊ NÃO PODE PERDER BABA X PAGODE NA ARENA IMBUI; É HOJE!

Grande Partidão dia 30.01 a partir das 18h. Venha sambar e se divertir com o partido alto (Família Sempre Juntos)!

Local: Arena Imbui. Ponto de referência: ao lado do Shopping Caboatã, onde  rola o campeonato do servidor no Bairro do Imbuí. Entrada franca. Vamos reunir  todos os servidores  e, em especial, os agentes de combate às endemias. Contato: 71-8856-6044;  procurar Ualace.

Obs.: O baba acontece às 17h.

Secretaria de Gestão divulga resultado do Portal Para Universidade

A Secretaria de Gestão (Semge) publicou, no Diário Oficial do Município (DOM) de quinta-feira (29), o resultado final para o primeiro semestre do Programa Portal Para Universidade. Foram 65 aprovados, entre guardas municipais, agentes de saúde, de trânsito e salvamento aquático, para ingresso nos cursos de Direito, Enfermagem, Serviço Social, Farmácia, Psicologia, Fisioterapia, Educação Física, Administração e Pedagogia em oito instituições conveniadas.
A seleção foi para o subprograma de Incentivo à Educação Superior que oferece ao servidor a redução de 30% na mensalidade e de 55% em ajuda pecuniária. O Secretário Alexandre Pauperiodestaca a parceria da Prefeitura com o funcionalismo. “O serviço público é prestado por pessoas que precisam constantemente de qualificação. A administração fica feliz em poder contribuir com os servidores em mais uma ação que gera oportunidades de crescimento. Somos parceiros desta proposta que objetiva a melhoria no nível de educação dos nossos colaboradores”, afirmou.
Os contemplados terão o valor consignado a partir do mês de fevereiro, portanto não devem efetuar o pagamento da mensalidade a partir do mesmo mês à instituição de ensino. A lista dos aprovados, dosreprovados por margem e das inscrições inválidas no processo seletivo pelo benefício está disponível noPortal do Servidor, através do link www.gestaopublica.salvador.ba.gov.br/portal_universidade ou AQUI

29 de janeiro de 2015

Agentes de saúde retomam atividades sexta-feira depois de negociação com o gestor


 Em assembleia nesta manhã de quinta-feira, os agentes de saúde suspenderam a paralisação de 5 dias depois de contraproposta do gestor. Para resolver a problemática dos pontos de apoio (PAs) e da farda, o secretário de Gestão, Alexandre Paupério, se comprometeu em criar uma comissão formada por 2 membros da Secretaria Municipal de Gestão (Semge), 1 da Associação dos Agentes Comunitários e de Endemias de Salvador (Aaces) e 3 do Sindicato dos Servidores da Prefeitura do Salvador. Essa Comissão terá 60 dias para apresentar proposta para resolver as demandas dos PAs e dos uniformes dos servidores  à prefeitura. A Comissão será publicada pela Semge até o dia 02/02/2015.

Além disso, ficou acordado que as pendências financeiras (PMAQ, 14o. e remuneração dos supervisores - com critérios a serem estabelecidos)  serão discutidas com a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) com o apoio da Semge, os dias do movimento paredista, diferentemente dos que estavam dizendo por aí, serão  abonados, sendo recompensados posteriormente. Também ficou definida a participação dos agentes no trabalho do carnaval. 


A união da categoria foi decisiva para que  esses avanços fossem dados. A verdadeira liderança se forja na luta pela defesa dos direitos dos trabalhadores.



2,5% DA GRATIFICAÇÃO DE COMPETÊNÇIA JÁ ESTÃO NO CONTRACHEQUE: MAIS UMA VITORIA DA CATEGORIA!

Depois de vários meses esperando, finalmente o acordo é cumprido.  

Agora sim é real. Fruto da Campanha Salarial de 2014, os 2,5% em cima da gratificação de competência, colocada na mesa de negociação pela AACES e SINDSEPS, finalmente entram no contracheque e com retroativo. Com isso, a referida gratificação passa de 35 para 37,5%. Vale ressaltar que essa é a unica categoria a conquistar tal pleito e, que para chegar até aqui, muitos foram os protestos  e "invasões" à Câmara Municipal , perseguindo de forma combativa nossos direitos, cobrando dos vereadores a aprovação do projeto que foi votado em dezembro de 2014, aguardando apenas o prefeito sancionar. 

ENTENDAM O AVANÇO E O GANHO DOS 2.5% QUE SÓ ACONTECERIA EM 2018


 Art. 47 A implantação do Plano de Cargos e Vencimentos dos Profissionais de Saúde de que trata esta Lei, far-se-á da seguinte forma:



I - enquadramento dos servidores nos níveis previstos na Tabela de Vencimento, de acordo com o respectivo cargo, duração da jornada de trabalho e, em valor igual ou imediatamente superior ao atualmente percebido;


II - Excepcionalmente, será concedido para os servidores ativos e em efetivo exercício o reenquadramento em novo nível da Tabela de Vencimentos e respectiva referência da Tabela de Gratificação por Competência, em razão da experiência acumulada, demonstrada pelo tempo de efetivo exercício do cargo, na Prefeitura Municipal do Salvador, obedecida a seguinte escala:

a) menos que 03 (três) anos, nenhum nível;
b) acima de 03 (três) até 05 (cinco) anos, 02 (dois) níveis;
c) acima de 05 (cinco) até 07(sete) anos, 03 (três) níveis;
d) acima de 07 (sete) até 09 (nove) anos, 04 (quatro) níveis;
e) acima de 09 (nove) até 11 (onze) anos, 05 (cinco) níveis;
f) acima de 11 (onze) até 13 (treze) anos, 06 (seis) níveis;
g) acima de 13 (treze) até 15 (quinze) anos, 07 (sete) níveis;
h) acima de 15 (quinze) até 17 (dezessete) anos, 08 (oito) níveis;
i) acima de 17 (dezessete) até 19 (dezenove) anos, 09 (nove) níveis;
j) acima de 19 (dezenove) anos, 10 (dez) níveis.


É fácil criticar aquelo cujas responsabilidades não temos É com essa máxima que vamos explicar o grande malabarismo que a direção da AACES e Sindseps tiveram na mesa de negociação para conseguir a antecipação dos 2.5%. Seguindo a tabela do plano de cargos e vencimentos, só iríamos ter  nossa gratificação de competência majorada de 35% para 37.5% no ano de 2018, quando vamos estar no nível 4 quando pula também a referencia de 1  para 2, como pode ser visto na tabela acima. Portanto, guerreiros e guerreiras de luta, para conseguir tal façanha nessa gestão não seria possível se não fosse a habilidade e posicionamento numa mesa de negociação dos nossos dirigentes junto com a verdadeira força que é a honestidade de uma categoria aguerrida que sabe muito bem valorizar cada vitória ao longo dessa jornada de terceirizado, a servidor público celetista, depois estatutário com gratificações, retirada dos horários do Formulários FAD 1 e 3 e o horário ininterrupto, e agora que venha o pagamento do piso nacional, onde já entramos no MPF Ministério Público Federal contra a prefeitura e a união, porque temos coragem de culpar e atacar ACM Neto e Dilma por ainda não estarmos recebendo o nosso piso nacional. Falamos a verdade doa a quem doer, tem gente que usa a categoria como instrumento para a politica, nós usamos a politica como instrumento para a nossa categoria como aconteceu com o nosso horário ininterrupto que foi depois da transmudação uma das maiores vitorias da categoria.

A AACES esteve, está, e sempre estará ao seu lado, defendendo os  interesses dos agentes de saúde da capital.


ATENÇÃO! CONTRACHEQUE DISPONÍVEL E VENCIMENTOS VINCULADOS EM CONTA


No contracheque já consta o retroativo da gratificação


Colegas, 
O contracheque já está disponível, e o retroativo da Gratificação por Avanço de Competência já está em "lançamentos futuros".

28 de janeiro de 2015

Protesto dos agentes de saúde tem repercussão na mídia


Juntos somos fortes! A mobilização dos agentes de saúde tem repercussão nos meios de comunicação. Por isso, os trabalhadores não podem deixar de se comparecer à assembleia desta quinta-feira, dia 29, às 8h, no Campo Grande. Teremos novas informações e a categoria decidirá os novos passos a serem dados.

Agentes de saúde poderão se aposentar com 20 anos de trabalho ; veja o projeto de lei.







Click aqui e veja o projeto na integra






Agentes fazem assembleia no Campo Grande

Após uma paralisação de 48h, os agentes de saúde de Salvador fazem uma nova assembleia no Campo Grande, quinta-feira, dia 29, às 8h. Os servidores estão protestando pelas péssimas condições de trabalho e não admitem mais trabalhar dessa forma.

Na assembleia,  vão expor à imprensa a precariedade dos uniformes. São calças e camisas velhas, além de mochilas sem condições de uso. "Faremos uma grande manifestação! Os colegas são convidados a levar cartazes, apitos, panelas, mochilas e a farda. Vamos agitar esta cidade", afirma Josué, diretor da Associação dos Agentes Comunitários e de Endemias de Salvador (Aaces).

Amanhã, portanto, todos caminhos levam ao Campo Campo. Quem está do lado do agente caminha junto. Quem desagrega faz o jogo do patrão.

ATENÇÃO PARA A FREQUÊNCIA DE JANEIRO



Atenção! As frequências não podem descer em branco ou com outro código que não seja o 41, referente à greve ou à paralisação. Os supervisores têm que ter atitude e autonomia e não aceitarem imposições, porque em todos os outros órgãos o procedimento é assim.Portanto, vamos seguir com esse padrão.

Deputado federal Bebeto G alvão fala em greve geral caso mudanças em direitos trabalhistas não sejam repensadas

Deputado fala em greve geral caso mudanças em direitos trabalhistas não sejam repensadas
Foto: Reprodução
manifestação nacional dos trabalhadores que está agendada para esta quarta-feira (28) pode ser o prelúdio de uma greve geral no país, de acordo com o deputado federal eleito e líder sindical Bebeto Galvão (PSB). O político afirmou que cerca de três mil pessoas são aguardadas em Salvador. “As centrais sindicais estão se mobilizando e ainda vai haver uma grande manifestação, que vai ser a Marcha a Brasília, quando pretendemos ter 100 trabalhadores. Neste momento entendemos que o governo democraticamente eleito e que ajudamos a eleger caiu sobre os trabalhadores. Caso essas medidas não sejam refletidas podemos ter uma greve geral. Claro que caso a negociação não dê resultado”, disse Bebeto. O parlamentar reforçou que durante o processo de redemocratização brasileira, as greves gerais dos trabalhadores foram fundamentais para a obtenção de direitos da classe na década de 80. O deputado chamou o novo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, de “Levy mão de tesoura” por ele ter modificado a legislação trabalhista com menos de um mês no cargo. “O governo disse que não atacaria os direitos trabalhistas, mas não foi isso que aconteceu”, atacou Bebeto antes de enumerá-los: aumento do prazo do seguro-desemprego e do auxílio-doença e o veto na correção da tabela do imposto de renda (vejaaqui, aquiaqui e aqui). “Eu, como parlamentar, entendo que as MPs adotadas por Dilma produzirão um desvelo social ao trabalho. Não aceitamos que as medidas recaiam sobre os trabalhadores”, defendeu o deputado. Argumento semelhante foi utilizado o pelo presidente da CTB Bahia, Aurino Pedreira.“As mudanças são absurdas, pois exclui o acesso de milhões de trabalhadores a estes benefícios, exatamente no momento em que eles mais precisam. Não podemos permitir este retrocesso, com a retirada de direitos duramente conquistados pela classe trabalhadora. Vamos tomar as ruas para exigir a revogação imediata destas medidas”, defendeu. Nesta terça (27), a presidente Dilma Rousseff minimizou as declarações do ministro Joaquim Levy e afirmou que os direitos trabalhistas não serão alterados.

27 de janeiro de 2015

Força Sindical protesta em Salvador contra redução de conquistas trabalhistas


    Ato nacional 28 de janeiro
    Amanhã, 28 de janeiro, diversas categorias filiadas à Força Sindical e as demais Centrais Sindicais realizarão uma manifestação em frente a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego, referente ao Dia Nacional de Lutas em defesa dos direitos e do emprego. A concentração dos trabalhadores será às 10h, em frente ao Sindicato dos Bancários, na Avenida Sete. De lá, caminharão até a sede da SRTE, na Avenida Sete.

    Os trabalhadores estão mobilizados contra a decisão do governo federal de atacar e reduzir as conquistas trabalhistas, por meio da introdução das Medidas Provisórias (MPs) 664 e 665. As medidas tornarão mais difícil o acesso das pessoas ao seguro-desemprego, abono salarial (PIS-Pasep),auxílio-doença, pensões, seguro-defeso e auxílio-reclusão.

    De acordo com Nair Goulart, Presidente da Força Sindical Bahia, os trabalhadores não vão abrir mão de direitos. “A Presidenta Dilma precisa cumprir o que prometeu na sua campanha. Exigimos a revogação das medidas provisórias e não podemos permitir, de forma alguma, retrocesso no que se refere aos direitos dos trabalhadores.”.

    Segundo Bebeto Galvão, Dirigente da Força Sindical, Presidente do Sintepav BA e Deputado Federal, os trabalhadores estão mobilizados em todo país e irão as ruas na luta pela preservação dos seus direitos e empregos.

    Fonte: Ascom Força Sindical BA

ACE necessita de doação de sangue com urgência

 

Pedro Paulo Rosemberg do Nascimento necessita de quatro doadores de sangue do tipo A+ com urgência. Os doadores devem se dirigir à Hemoba, na Vasco da Gama. Ao fazer a doação, os voluntários precisam solicitar o comprovante para ser entregue na sede da Aaces. Para maiores informações, favor ligar pra: (71) 8108-3653

Agentes de saúde paralisados em Salvador ; estamos visitando os PAs e as Unidades







A paralisação é justa e legal. Não podemos mais aceitar trabalhar assim!











Estamos solicitando dos colegas que mandem a atual situação através de fotos do seu fardamento, do  PA e das sacolas. Podem enviar pelo WhatsApp 8883-7528 Enadio ou Bira 8108-3653 

26 de janeiro de 2015

Por melhores condições de trabalho, agentes de saúde param por 48h


Subindo a Montanha
Centenas de agentes de saúde protestaram na manhã desta segunda-feira (26) em frente à Secretaria Municipal da Saúde (SMS), no Comércio. Os trabalhadores reivindicam melhores condições de trabalho, o pagamento do PMAQ e do 14o. Ainda pressionam para que o Ministério da Saúde edite logo a portaria para o pagamento do piso da categoria.

Na prefeitura 
Após a concentração no Comércio, os servidores seguiram em passeata até a Praça Municipal, onde votaram por uma paralisação de 48h (terça e quarta). "Não toleramos mais as péssimas condições nas quais os agentes exercem suas atividades: falta ponto de apoio (PA), faltam uniformes, enfim, falta dignidade para o trabalho ser realizado", afirmou Enádio, presidente da Associação dos Agentes Comunitários e de Endemias de Salvador (Aaces).

Agentes "tomam" o Pelourinho (Pra turista ver)

 Na quinta-feira, dia 29, ocorrerá uma nova assembleia no Campo Grande, às 8h, seguida de uma caminhada à Barra.
Em frente à Casa de Jorge
Clique em mais informações abaixo e veja outras  fotos:

Parabéns ao sindicalista Bruno





A Diretoria da Aaces parabeniza o sindicalista Bruno pela passagem do seu aniversário. Deus o abençoe, guerreiro!

25 de janeiro de 2015

GESTOR QUER DESAGREGAR, MAS CATEGORIA MOSTRA UNIÃO PRA LUTAR


Está insatisfeito? Algum questionamento? Boatos?
Então venha pra nossa assembleia amanhã, às 8h, em frente à Secretaria Municipal da Saúde (SMS), no Comércio. Juntos, decidiremos o rumo da categoria e faremos os esclarecimentos devidos.
Fique ligado! Quem desagrega faz o jogo do gestor. Unidos, mostraremos nossa força!

NOTA DE FALECIMENTO

É com muito pesar que comunicamos o falecimento do senhor Alípio Álvaro Alves Cordeiro, pai  da nossa colega agente de combate às endemias (ACE) Debora Maria dos Santos Cordeiro, lotada no Distrito Sanitário Subúrbio Ferroviário . Rogamos a Deus que conforte a colega e a seus familiares neste momento de dor.

24 de janeiro de 2015

Prefeitura de SP determina que ar-condicionado em ônibus seja obrigatório

A Prefeitura de São Paulo publicou nesta quinta-feira, 22, uma portaria no Diário Oficial do Município determinando que "todos os veículos vinculados aos serviços de transporte coletivo de passageiro" deverão "estar dotados de equipamentos de ar-condicionado".
Segundo a portaria, a medida tem como propósito "garantir aos cidadãos condições dignas de locomoção, proporcionando maior conforto e segurança". Conforme divulgou o jornal O Estado de S. Paulo nesta quarta-feira, 21, a diferença de temperatura em um ônibus com sistema de refrigeração e outro sem o equipamento pode chegar até a 12ºC.
A gestão Fernando Haddad (PT) quer que a exigência também faça parte do contrato de concessão dos ônibus. Pendente desde julho de 2013, a licitação está prevista para ser lançada neste primeiro semestre. "Primeiramente, nós estamos preparando o processo licitatório e isso (exigência do ar-condicionado) vai estar na próxima concessão", declarou o secretário municipal de Transportes Jilmar Tatto, há uma semana.
Ainda de acordo com a portaria, a São Paulo Transporte (SPTrans) deve estabelecer critérios e prazos para que as empresas instalem ar-condicionado nos veículos.
Atualmente, há somente 60 ônibus com ar-condicionado circulando pela capital paulista, de acordo com dados oficiais da SPTrans. Ou seja, apenas 4 a cada mil veículos da frota (de cerca de 14.800 ônibus) estão equipados com refrigeração.
Até o fim do ano, a estimativa é de que ao menos mil veículos com ar-condicionado circulem em todas as regiões da cidade, mas ainda não há prazo oficial para que a frota seja completamente renovada.
Uol noticias.

23 de janeiro de 2015

PORTARIA QUE REGULAMENTA A LEI DO PISO DEVE SAIR EM FEVEREIRO



Em telefonema hoje (23) ao consultou-técnico Sr. Sávio , da Atenção Básica do Ministério da Saúde, foi nos informado que a portaria que vai regulamentar a Lei 12.994, de 17 de junho de 2014, está sendo elaborada por um grupo  também da Atenção Básica. O conteúdo da nova portaria contemplará as deliberações do relatório final do Grupo de Trabalho (GT), instituído pela Portaria 1.833, de 2 de setembro de 2014. Contrariamente ao que se havia anunciado, a publicação  deve ocorrer na competência de fevereiro, e não mais em janeiro. Isso por causa da atualização dos agentes de saúde no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES). Portanto, vamos aguardar e esperar que tudo ocorra tranquilamente, de modo que  em fevereiro essa situação seja resolvida definitivamente.








DIRETORES DA AACES E SINDSEPS DISCUTEM DEMANDAS DOS AGENTES COM SECRETÁRIO



Diretores da Associação dos Agentes Comunitários e de Endemias de Salvador - Ba (Aaces) e do Sindicato dos Servidores da Prefeitura do Salvador (Sindseps) reuniram-se, na manhã desta quarta-feira (22), com o  secretário de Gestão, Alexandre Paupério, para tratar das demandas dos agentes de combate às endemias (ACEs) e dos agentes comunitários de saúde (ACSs). Na pauta de discussão, foram abordados os seguintes pontos:

* piso nacional;
* gratificação de risco;
* pagamento do PMAQ e do 14o.;
* EPI e auxílio fardamento;
* ponto eletrônico dos ACSs;
* horário ininterrupto para os ACSs e  ACEs dos postos fixos;
* capacitação para os ACEs e ACSs;
* Pontos de apoio (PA) para os ACEs.


Foi uma reunião razoavelmente longa, com sinalização positiva para a capacitação dos agentes e para o auxílio fardamento. Outros pontos, porém, foram remetidos à Secretaria Municipal da Saúde (SMS). Tudo isso será pormenorizado  e discutido na próxima assembleia do dia 26, segunda-feira, em frente à SMS, no Comércio. A presença dos trabalhadores é importante porque vão tomar as deliberações e fazer os encaminhamentos para as próximas ações a serem adotadas.


AGENTES DO SÃO JOÃO DO CABRITO PROCURAM A AACES PARA DENUNCIAR PÉSSIMAS CONDIÇÕES DO PA


 Item de pauta da última assembleia realizada em frente à Secretaria Municipal da Saúde (SMS), as péssimas condições dos pontos de apoio (PAs) é uma realidade que os agentes de saúde enfrentam no seu cotidiano. Recentemente, os colegas de Cajazeiras denunciaram essa situação. Agora, é a vez dos trabalhadores do São João do Cabrito, do Distrito Sanitário do Subúrbio Ferroviário, procurarem a Associação dos Agentes Comunitários e de Endemias de Salvador -BA (Aaces) para denunciar as condições inadequadas do PA em que trabalham; veja as fotos abaixo:














Não podemos mais aceitar essas condições. Na segunda-feira, dia 26, estaremos discutindo isso em frente à SMS, às 8h, na grande assembleia setorial dos agentes.

Obs.: O colegas também podem denunciar mandando fotos dos PAs ou das mochilas, informando o bairro e o distrito onde trabalham. As fotos devem ser enviadas via whatsap para o seguinte número: (71) 8108-3653 (diretor Bira).