31 de maio de 2012

SENADORA LÍDICE DA MATA DEFENDE JORNADA DE 30 HORAS PARA ENFERMAGEM



A senadora Lídice da Mata participou nesta quinta-feira, 31, da abertura do Seminário “A Ética e o Trabalho em Enfermagem” no salão Yemanjá, no Centro de Convenções. A senadora reafirmou seu compromisso pela aprovação do projeto de lei que reduz a jornada de trabalho da categoria para 30 horas semanais.
"A redução da jornada dos profissionais em enfermagem é uma das lutas que mais entusiasmam o País, na busca por um atendimento de qualidade com profissionais cada vez mais qualificados, estimulados e bem remunerados", declarou.
O evento reuniu enfermeiros, auxiliares e técnicos em enfermagem em comemoração à diplomação do novo Plenário do COREN-BA. A Conferência Magna foi feita pelo Secretário do COFEN, Gelson Albuquerque, que falou sobre “Ética e Cidadania”. 
Lídice comparou a luta dos profissionais em enfermagem com os da área de educação, profissões majoritariamente femininas, que funcionam como "uma extensão das funções que a mulher executava dentro de casa, transmitindo o conhecimento aos filhos, cuidando da saúde da família". 
"Há uma tentativa de desvalorizar estes profissionais porque a mulher ainda é vista como renda complementar dentro de casa, embora 30% das famílias brasileiras hoje sejam chefiadas por nós", pontuou.
 ”A redução da jornada é uma reivindicação justa para garantir a qualidade no atendimento, e uma medida que se faz mais necessária ainda se levarmos em conta que a mulher exerce a tripla jornada de trabalho”, destacou.

MÁRIO KERTÉSZ QUE DISSE QUE ERA PARA DAR PORRADA NOS AGENTES DE SAÚDE QUANDO PROTESTOU NO IGUATEMI


Kertész anuncia que será candidato a prefeito
Foto: Divulgação
O radialista Mário Kertész confirmou na manhã desta quinta-feira (31), em entrevista ao apresentador Raimundo Varela no programa Balanço Geral, que será mesmo candidato a prefeito de Salvador pelo PMDB. “Salvador não tem que salvar o DEM e ajudar Kassab. Não tem também que dar continuidade à hegemonia do PT”, disse Kertész. Segundo ele, a cidade precisa de alguém que não queira fazer trampolim para o governo do Estado. O comunicador afirmou que sua carreira política se encerrou há 20 anos e que pretende administrar a capital baiana sem nenhum interesse de ser governador ou pensar em reeleição. Kertész declarou ainda que quer usar sua experiência de administrador e vivência no rádio para, “sem temer desgastes, botar Salvador no eixo”. Apontado há meses como nome do partido para concorrer ao cargo máximo do Executivo municipal, Kertész chegou a dizer, em janeiro, que estava fora da disputa. O anúncio foi feito em seu programa de rádio, em meio às discussões que existiam sobre uma possível união dos partidos de oposição ao governador Jaques Wagner em torno de uma candidatura única. No entanto, a declaração foi relativizada na época pelos deputados federais ACM Neto (DEM), Antonio Imbassahy (PSDB) e Lúcio Viera Lima (PMDB), além do peemedebista Geddel Vieira Lima.
Fonte: Bahia Noticias

Responsabilidade significa zelo, compromisso, honra e outros atributos inerentes à condição humana. Diante de manobras ardis perpetradas por aqueles que não correspondem a confiança de incautos servidores públicos municipais que ainda não enxergam a realidade diante de seus olhos.
Em nenhum momento, o Sindseps compactua com atos de desobediência civil, afronta à autoridades constituídas, muito menos, com os iminentes riscos em que estão sendo colocados, homens e mulheres, chefes de famílias ou jovens trabalhadores, notadamente, no âmbito dos agentes comunitários de saúde (ACS) e de combate às endemias (ACE).
Nossa missão é zelar pela dignidade do trabalhador em qualquer que seja o campo de luta. E em assim sendo, priorizamos sempre ações planejadas, estratégicas, que em sendo assumidas pela nossa entidade, possuem respaldo jurídico, político, operacional, e o principal atributo: a confiança do servidor municipal.
Nosso entendimento é de que os avanços ainda não são suficientes, e sempre que houver espaços para que sigamos em busca das conquistas, o faremos de maneira responsável, e sem comprometer a integridade de nenhum trabalhador, quer seja física, profissional ou salarial.
Acreditamos severamente que mobilizações desnecessárias causam transtornos ao bom andamento das negociações em curso. Para alguns, “brigar” pelo salário mínimo para ACE’s e ACS’s é o ideal. Mas, o seu sindicato reafirma que a luta pelo estabelecimento de 40 horas com o piso de R$ 722 é mais significativo. E disso, não abriremos mão.
Mas, como antecipamos e advertimos, nossas batalhas sempre foram pautadas pela responsabilidade, e respeito às instituições, dentre elas, a Lei Eleitoral que proíbe a administração pública de ofertar aumentos salariais durante o período em que estiver valendo as preliminares e o pleito do ano em questão. Isto ocorre agora, e inadequadamente não está sendo observado por aqueles que durante anos permitiram de maneira irresponsável que gestores sem comprometimento pudessem massacrar ACE’s e ACS’s, sem que nenhuma posição afirmativa fosse tomada.
Oportuno, se faz então, tentar desmerecer os avanços conseguidos em tão pouco tempo pelo Sindseps, que juntou-se aos companheiros e companheiras para com muita honra, participar de uma luta que é genuína do trabalhador, e por ele guiada. Não há por parte de nossa entidade, qualquer tentativa de utilizar a força do servidor municipal como “massa de manobra” ou para obter dividendos políticos ou financeiros de natureza pessoal.
Então não se constitui nem em momento oportuno, e sim, em explícito oportunismo, qualquer ação inexpressiva tentada por entidades sem qualificação diante do contexto das mobilizações que acontecem na cidade, estas sim, conduzidas por entidades fortes e de renome, como o Sindseps, que mantêm um histórico de lutas reconhecidas até por entidades e lideranças que não estiveram no mesmo lado, ou que preferiram desonrar os trabalhadores.
Nossa força não é advinda da capacidade física, agressiva ou caluniosa. Nossa força não ocorre de qualquer qualidade pessoal dos dirigentes da entidade. Nossa força é oriunda da vontade imperiosa do trabalhador. A confiança que nos é ofertada permite que indiquemos as consequências legais de nossos atos, e a façamos a garantia dos atos decididos pela maioria no exercício democrático. Não fazemos nada de acordo com o humor matinal de qualquer dirigente, ou até mesmo, com a intenção de prejudicar qualquer entidade legalmente constituída. Isso prejudica ao trabalhador, e tão somente, ao trabalhador que deveria ser defendido com todas as ferramentas necessárias.
Portanto, continuaremos perseguindo o ideal de que os ACE’s e ACS’s tenham o piso salarial de 40 horas, e a consequente remuneração de R$ 772. A Lei Eleitoral não permite qualquer avanço, mesmo que de centavos. É a lei, e deve ser cumprida, ao contrário do entendimento desobediente de alguns irresponsáveis.
Tenham a plena certeza que continuaremos honrando a sua confiança, e retribuindo com luta, mas luta com responsabilidade, com zelo, com compromisso e lealdade aos propósitos dos trabalhadores.
 A diretoria colegiada

SINDSEPS


Você está convocado para a “tropa da alegria”. Comemore conosco!!!

Todos servidores municipais estão “convocados” para fazerem parte da “tropa da alegria”, no próximo dia 01-06, a partir de 17h, na sede da Guarda Municipal de Salvador, que fica localizada na Avenida San Martin, ao lado do Colégio Modelo Luiz Eduardo Magalhães.
As atrações estão confirmadas, e todo mundo vai se divertir nessa festa que reunirá os companheiros e companheiras do serviço público municipal na homenagem ao Dia do Guarda Municipal em nossa cidade.
Venha curtir com seus amigos e amigas. Todos os servidores municipais estão convidados para essa confraternização.
Participe, e venha curtir conosco.

ALERTA! CUIDADO COM OS SINDICATOS QUE JOGAM SUAS RESPONSABILIDADES PARA OS TRABALHADORES.


Este vídeo mostra quando em uma assembleia o locutor, provalvemente um dos diretores tenta jogar a responsabilidade do sindicato para os trabalhadores, de certa forma intimidando a categoria assumindo que eles não podem dar garantia do abono dos dias paralisados.  Como sentir firmeza em uma direção como essa? Até onde nos sabemos essa conversa de descontar dias parados é papo de gestor. Sindicato deve dizer totalmente o contrario.
Mas o que se ouve aqui é uma confissão de pura incompetência o infeliz abre a boca prá dizer que: “O sindicato acompanha, (acompanha???) o que a categoria delibera, agora, é bom cada um de vocês saberem..., isso aqui não é forma de pressionar porque já tivemos prova disso nas outras paralisações e foi descontado...” (dando a entender que isso pede acontecer de novo).
Finaliza dizendo que: “... quem tá aqui e assumir a manutenção da paralisação, também tem que arcar com o que vem de lá, prá uma ação tem uma reação, tá esclarecido isso?”. Corajosamente os trabalhadores assumem a responsabilidade.

 
Assista ao vídeo.

 Você reconhece essa voz???

A UM PASSO DO PISO NACIONAL DOS AGENTES DE SAÚDE














ESTAMOS QUASE LÁ!
30/05

A CONACS desde a última semana de março mantém a estratégia de mobilização permanente no Congresso Nacional, fato que está causando a adesão gradativa de muitas Lideranças partidárias à proposta de aprovação doPL 7495/06.
Na semana passada, o presidente da Câmara Dep. Marco Maia já sinalizou que o PL 7495/06 estariam entre os 20 Projetos mais cotados para serem pautados neste semestre, fato que foi visto pelo Líder do PMDB, Dep. Henrique Eduardo Alves (PMDB/RN) como seu ponto de honra a ser concretizado, e assumiu a posição de um dos principais articuladores dessa causa junto aos demais líderes da base governista na defesa da inclusão na pauta do Conselho de Líderes a votação do PL 7495/06.
Por toda essa mobilização ocorrida na semana passada, o começo desta semana gerou grandes expectativas, pois foi muito esperado o resultado da reunião de Líderes ocorrida no dia de ontem (terça-feira 29/05), que na conclusão da CONACS foi extramente favorável, e segundo a própria presidente Ruth Brilhante “... nunca estivemos tão perto da aprovação do Piso Salarial quanto agora... a hora é essa!”
O otimismo da CONACS se justifica pela fala de vários líderes que ao saírem da reunião de líderes classificaram como “boas chances” de votação do PL 7495/06 assim que as MP’s destrancarem a pauta de votação, tendo em vista que a maioria dos Líderes apontaram como prioridade a votação do Piso Salarial dos ACS e ACE, principalmente pela mobilização constante da categoria nos corredores e gabinetes da Câmara de Deputados e ser essa uma causa justa e de unanimidade no Congresso Nacional!
Os líderes do PT Dep. Jilmar Tatto e do Governo Dep. Arlindo Chinaglia (PT/SP) ainda não manifestaram apoio, porém também não se manifestaram contrários, sendo esperado para os próximos dias um posicionamento do Líder do Governo sobre o tema, mesmo porque, já existe um consenso entre os partidos da base governista sobre total apoio à aprovação do PL 7495/06.
Nessa quarta-feira ainda se espera para as 15:30 h a 2ª reunião da Comissão Mista da MPV 568/12, e no mesmo horário a CONACS participará de mais uma Reunião com Senadores do PMDB, e a exemplo do que já ocorreu ontem quando foram realizadas reuniões com os Senadores do PT dos Estados da Bahia e Pernambuco, a pauta da reunião de hoje será o apoio ao Piso Salarial Nacional dos ACS e ACE como emenda aditiva à MPV 568.
Nos próximos dias a Assessoria Jurídica da CONACS, Dra. Elane Alves, estará fazendo comentários sobre os vários aspectos da votação do PL 7495/06 e ainda sobre as reais possibilidade de aprovação do Piso Salarial via MPV 568/12.
Fonte: Blog do Eliseu

30 de maio de 2012

VEREADOR GILMAR SANTIAGO CONVIDA



Amanha(31/05) a partir das 9 horas vai acontecer no Centro Cultural da Câmara de Vereadores de Salvador, Consulta Pública sobre o Plano Municipal de Saneamento Ambiental na parte de Drenagens e Resíduos Sólidos. A audiência pública é convocada pela Prefeitura através da Setin e Limpurb. É importante a participação da sociedade cívil organizada, vamos lá apresentar as reivindicações das comunidades que sofrem com os péssimos serviços oferecidos a população pelo Poder público.

Câmara aprova reposição de perda salarial de servidores da saúde


Os diretores da AACES Paulo Roberto e Cléber Mascarenhas foram ver de perto a aprovação da reposição salarial da categoria.
Câmara aprova reposição de perda salarial de servidores da saúde
Foto: Divulgação
A Câmara de Salvador aprovou, nesta quarta-feira (30), um projeto de lei enviado pelo Executivo que concede a reposição das perdas salariais aos servidores de saúde e aos agentes de combate às endemias. A proposta aprovada por unanimidade pelos vereadores indica reposição de 2% aos servidores da saúde e 6,5% aos agentes de endemias. Representantes da categoria acompanharam a votação, em regime de urgência urgentíssima, e aplaudiram o resultado. A aprovação foi possível graças a acordo das lideranças partidárias.
Fonte: Bahia Noticias

Nossas conquistas estão garantidas e a luta continua


Além disso, a garantia plena do adicional de 10% de periferia. Também esta reafirmado o percentual de 35% de gratificação competência aos servidores.
Nossa luta marcou o espaço de avanços salariais para a categoria que confia a representação.
Aguarda-se a devida aprovação por parte do Legislativo da mensagem do aumento salarial, e que a Prefeitura de Salvador possa antecipar os vencimentos antes dos festejos juninos.
Fonte: SINDSEPS

A AACES INFORMA

Gostariamos de esclarecer que o percentual de 6.5% não entrou na conta mais no proximo mês virá com retroativo, assim como o auxilio periferia, tudo isso por causa da burocracia da maquina pública, mas deixamos uma certeza, os trabalhadores não terão prejuizos dos seus vencimentos.

A FRENTE DA TRANSPARÊNCIA INFORMA

 

Aos companheiros do Movimento Frente da Transparência, a ética tem que vir de nos que somos lideranças e buscamos ordem e decência nas nossas escolhas, não podemos ficar em cima do muro, dizendo hoje estou com o lado A e amanhã está com lado B, tem que haver uma escolha, um lado e isso é o que o Movimento Frente da Transparência fez, a um ano atras de escolha sindical, mas parece que uma só pessoa infelizmente continua indeciso, mas que este fato isolado não respigue na Frente da Transparência porque já decidimos ficar com o SINDSEPS e é o que estamos fazendo a informa a Categoria que a escolha é livre, mas nos Frente da Transparência somos SINDSEPS:

Alexsandra Silva Santana "Leka"
Edna Maria Santos
Emerson Oliveira    
Joaquim Jesus
Telma Borges
Thâmara Lima
Silvio Santos
Reberte Mendes
Otávio Neves
Nádia de Deus
Rubens Queiroz

Gostaríamos de colocar o nome do nosso companheiro Paulo Cerqueira, que no ano passado deu uma força e um orgulho muito bom a Frente, e principalmente a companheira Edna, que foi absurdamente maltratada por um sindicato e alguns outros companheiros, que diziam que estávamos errados na nossa escolha, e este ano de 2012, vemos que não estamos errados não, nossa visão é de águia. Então estamos aqui pedindo ao colega e companheiro que se decida, pois quando postamos ou vamos a estes movimentos chamado por este sindicato legitimamos o mesmo, e a Frente não o reconhece como representante da Categoria.

Fonte: A direção

Movimento Frente da Transparência     

HOJE O TRABALHO É NORMAL, QUEM É DA LUTA NÃO ENTRA EM LARANJADA





Hoje teremos uma reunião com o colegiado do C.C.Z  e os supervisores gerais  do distrito Barra Rio vermelho, onde teremos como pauta o andamento do projeto piloto, acreditamos com a jornada de trabalho ininterrupta de 6 horas e sem horários nos Fad,S 1 e 3, os agentes serão valorizados, e com a fé de DEUS em Julho todos os agentes já estarão exercendo suas atividades com este novo modelo de trabalho, o que não podemos é aceitar que pessoas do contra, e que não quer ver o projeto piloto implantado por pura vaidade, ou simplesmente para prejudicar aqueles que sonham em trabalhar com este moderno projeto que só vai da mais condições de trabalhos a estes profissionais que atualmente se expõem num trabalho penoso.
Na certeza que a categoria acredita que a AACES, TRANSPARÊNCIA junto com o SINDSEPS tem responsabilidade, e não vai participar de movimento paredista que só quer iludir os trabalhadores, perguntar não ofende vocês não acham estranho quem nunca puxava greve tentar fazer uma em um momento como esses? Quem é da luta não participa e nem entra em laranjada, não vá que é barril.

Dirigente comenta decisão judicial contra entidade que foi punida pela Justiça por difamação


Ao comentar a decisão judicial que determinou a retratação pública no site do Sindacs-Ba de todas as calúnias, difamações e inverdades publicadas pela entidade, Helivaldo “Alemão” que faz parte da diretoria colegiada do Sindseps, disse que não a entidade não poupará ações judiciais sempre que forem observados ilícitos e outras irregularidades que atinjam o servidor municipal de Salvador.
“A nossa missão é defender os direitos e a integridade do servidor municipal, e sempre que alguém tenta atingir a figura da entidade representativa da categoria, também está atingindo diretamente ao trabalhador, e isso não aceitaremos. Buscaremos sempre o amparo judicial, pois é onde reside a clareza e a força de impor as penalidades à todos aqueles que utilizam-se de artifícios mesquinhos e rasteiros para tentar diminuir a credibilidade de uma entidade que tem sido destaque na defesa do trabalhador”, afirmou “Alemão”.
Segundo “Alemão”, o Sindseps aguarda a retratação a ser feita conforme determinação judicial, e se a observância do texto não for considerada suficiente e no período em que as ofensas estiveram publicadas homepage da entidade punida, o sindicato irá acionar novamente a Justiça para que se estabeleça o cumprimento fiel da decisão. “Estamos aguardando a atitude da entidade que foi punida na forma da Lei. Se não acharmos suficiente o ‘pedido de desculpa’ que certamente virá, e se for algo repentino que não fique no tempo em que perduraram as ofensas desmedidas, o nosso competente departamento jurídico novamente levará os infratores às barras da Justiça”, concluiu.
Fonte: SINDSEPS

29 de maio de 2012

600 MIL ACESSOS, A AACES AGRADECE

Gostaria de agradecer aos nossos colegas pelo 600 mil acessos de credibilidade, afinal lutar pelos trabalhadores com a verdade sem tentar prejudicar ninguém é a nossa meta, então toda diretoria da AACES fica bastante feliz, porque sabe que nosso blog é uma referencia para a categoria, muito obrigado a vocês guerreiros (as) que fizeram esses 600.000,00 acessos.

28 de maio de 2012

PARABÉNS AOS GUARDAS MUNICIPAIS PELO SEU DIA







Aos Guerreiros e Companheiros Guardas  Municipais a AACES deseja toda força e guarra para vencer as batalhas da vida

ESTAMOS LIGADOS EM BRASILIA


A reunião de líderes da terça-feira (29) vai decidir quais projetos serão votados pelo Plenário na última semana de maio. Na quinta-feira (24), o presidente da Câmara, Marco Maia, informou ter entregado aos líderes uma relação de propostas que poderão ser votadas em sessões extraordinárias. A lista foi feita a partir de sugestões dos próprios partidos. 
Em relação às sessões ordinárias, ainda que a pauta esteja trancada  por oito medidas provisórias, Marco Maia já anunciou que não serão votadas MPs na próxima semana. Isso porque as duas primeiras que trancam a pauta (556/11 e 557/11) perderão a validade em 31 de maio e não houve acordo ou tempo hábil para analisá-las pela Câmara e pelo Senado antes do fim do prazo. 
TributosA MP 556/11 trata de questões tributárias e recebeu um relatório do deputado Jerônimo Goergen (PP-RS) com mais de 15 modificações, algumas polêmicas. Ele sugeriu a isenção de imposto de renda sobre a participação nos lucros recebida pelos trabalhadores, mas não houve acordo no governo sobre o valor de isenção a ser concedido e a discussão foi adiada. 
Outro ponto de divergência foi a proposta do relator de flexibilizar as normas de contratação das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e do sistema público de ensino, aplicando a essas construções o Regime Diferenciado de Contratações (RDC) aprovado para a Copa e para as Olimpíadas. A oposição anunciou obstrução  se o tema fosse incluído na MP, o que fez o governo recuar na proposta.
Já a MP 557/11 cria um cadastro nacional para acompanhamento de gestantes com o objetivo de prevenir a mortalidade materna, principalmente nas gestações de risco, e também poderá perder o prazo porque ainda não teve o relatório divulgado. 
AcordoAlém do impasse para a votação da MP 556/11, outro ponto que determina a perda de eficácia das duas MPs é um acordo informal feito entre a Câmara e o Senado para que as MPs sejam encaminhadas aos senadores com pelo menos 10 dias de antecedência do prazo final — as duas propostas caducam na quinta-feira (31).
A próxima MP da lista é a 559/12, que autoriza as Centrais Elétricas Brasileiras S.A. (Eletrobras) a adquirir o controle acionário (51% das ações) da Celg Distribuição S.A. (Celg D). O relator, deputado Pedro Uczai (PT-SC), adiantou que seu parecer está pronto e que vai aperfeiçoar o texto sem alterar o mérito. Segundo ele, a MP deverá ser votada no dia 5 de junho. 
ListaAs outras cinco MPs que trancam a pauta são: 
560/12: abre crédito extraordinário de R$ 40 milhões para o Ministério da Defesa recuperar a Estação Comandante Ferraz, base brasileira de pesquisa na Antártica atingida por um incêndio em 25 de fevereiro deste ano;
561/12: transfere para a mulher a propriedade de imóveis financiados pelo programa Minha Casa, Minha Vida em caso de separação, divórcio ou dissolução de união estável;
562/12: contempla as instituições comunitárias ligadas ao ensino no campo com recursos do Fundeb  e promove outras mudanças no setor de educação.
563/12: faz parte da segunda etapa do plano Brasil Maior e concede diversos incentivos fiscais, como a redução dos impostos patronais para alguns setores; e
564/12: também parte da segunda etapa do plano Brasil maior, facilita o crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para algumas empresas e cria a Agência Brasileira Gestora de Fundos e Garantias S.A (ABGF).
Reportagem – Carol Siqueira
Edição – João Pitella Junior

ENEM COMEÇAM HOJE INSCRIÇÕES



O MEC (Ministério da Educação) anunciou oficialmente as mudanças e as datas de inscrição do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2012. A prova acontece nos dias 3 e 4 de novembro e as inscrições, no site do Inep(Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), começam na segunda-feira (28), a partir das 10h. Os candidatos terão até as 23h59 do dia 15 de junho para se inscrever. A taxa é de R$ 35. Alunos de escolas públicas são isentos.

As mudanças nesta edição dizem respeito, principalmente, à correção da redação: a nota mínima que autoriza uma nova avaliação do texto foi reduzida e se criou a figura da banca de avaliadores. Além disso, será possível ver a redação corrigida, porém, sem possibilidade de recurso por parte do estudante. O ministério também anunciou que vai divulgar, em julho, o "Guia do Participante", com exemplos de redação "de excelência" e explicações sobre a metodologia da correção.

VALOR DA PASSAGEM DO ÔNIBUS PODE IR PARA R$ 3.04


Fim da greve, ônibus na rua e de volta à rotina. Após quase quatro dias de greve dos rodoviários, foi possível já ver os coletivos nas principais ruas da capital durante este domingo (26).
Com a rotina de volta, a expectativa agora é que não haja aumento nas passagens, já que, na tarde de sábado (26), o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Salvador (Setps) avaliou em R$ 4 milhões o impacto do reajuste salarial e de benefícios concedidos pela Justiça do Trabalho como resultado do julgamento do dissídio coletivo dos trabalhadores rodoviários neste ano de 2012. 
De acordo com o Setps, somados aos 8% de reajuste da campanha salarial de 2011, os atuais 7,5% concedidos pela Justiça representam quase 16% de reajuste salarial, em um ano, sem a contrapartida de realinhamento tarifário no mesmo período. Antes da decisão judicial, a mão de obra pesava 46% na composição de custos tarifários, tendo subido para 48%, segundo cálculos de técnicos do Setps.

 
Além do reajuste de 7,5% nos vencimentos e de 4,86% no valor do tíquete refeição, a Justiça determinou o retorno do pagamento do quinquênio, acréscimo de 5% do salário base aos trabalhadores com cinco anos de serviços efetivos e contínuos na mesma empresa e que deve beneficiar cerca de 70% dos trabalhadores.. Somente com o pagamento do quinquênio, as empresas calculam que um desembolso de pelo menos R$ 700 mil. Com as determinações da Justiça do Trabalho, o custo por passageiro que era de R$ 2,96, subiu para R$3,04.

Assim, pode ser que sobre mais uma vez para a população pagar o preço de uma paralisação onde trabalhadores e sindicatos brigam por um acordo e os passageiros sofrem com os tratornos. Caso aumente a tarifa, vale ressaltar: Irá aumentar a frota dos ônibus? O serviço irá melhorar? Os veículos terão mais conforto? Sendo assim, vale-se o preço que se paga, caso contrário...


Ônibus voltam a circular em Salvador

Reivindicação

O sindicato da categoria reivindicava aumento de 13.88%, correspondente à inflação, mais 8% de ganho real, além do retorno do quinquênio, fim da terceirização, plano de saúde para empregado e família, 30 tickets no mês, com aumento do valor de R$10,60 para R$15.
Fonte: Bocão News

GREVE DOS PROFESSORES POR RUI OLIVEIRA


O coordenador geral do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB), Rui Oliveira, voltou a criticar a falta de diálogo do governo da Bahia. Os professores da Rede Estadual de Ensino completaram 45 dias em greve e mais de um milhão de alunos estão fora da salas de aulas. Em entrevista ao blog assinado pelo vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa Econômica, Geddel Vieira Lima (PMDB), o dirigente, que é filiado ao PCdoB baiano, partido da base aliada ao governador Jaques Wagner (PT), apontou a inexistência de uma política púbica estadual para o setor. Oliveira revelou que cerca de 1,7 milhão de baianos são analfabetos e há, no momento, uma grande evasão escolar no estado. Ele explica ainda todo o processo deflagrado pelos docentes, que reivindicam um reajuste salarial de 22,22% para a categoria.
Fonte: Bahia Noticias 

24 de maio de 2012

Justiça determina que entidade faça retratação das calúnias contra dirigentes do Sindseps


O Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Salvador (Sindseps) obteve na tarde de hoje (24), decisão favorável no 1º Juizado Especial Criminal de Salvador contra as ofensas dirigidas à nossa entidade no site do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Contenedores de Doenças Endêmicas e Epidemiológicas (Sindacs) sob a responsabilidade de sua assessoria de comunicação.
Por muitas vezes, a honra da verdadeira representatividade dos servidores municipais de Salvador foi ferida por acusações irresponsáveis e tentativas de macular a imagem de quem tem a confiança dos trabalhadores. Os ataques desferidos não atingiam somente a figura da nossa entidade, e sim, ao legítimo direito do servidor municipal em escolher   seus representantes sindicais.
Nossos diretores sempre buscaram o entendimento com os diversos segmentos de representação, e notadamente, no âmbito dos ACE’s e ACS’s, o livre arbítrio dos trabalhadores em convidar-nos a caminhar junto na luta da categoria, mostrou-se suficiente para que a nossa ação fosse iniciada, considerando que estávamos representando mais uma parcela dos servidores municipais de Salvador, a nossa fiel missão.
Mas, as calúnias não cessaram, e o ostracismo e a derrota transformaram-se no combustível para que todas as formas de irresponsáveis acusações pudessem ser empreendidas contra as pessoas que representam a entidade mais combativa em favor dos servidores municipais.
Restou o caminho da Justiça. Buscamos a forma mais cristalina de estabelecer a verdade e restabelecer a honra cortada pela espada da calúnia. Logramos êxito, pois a verdade sobre a leal representação dos ACE’s e ACS’s foi reafirmada, não somente na consciência dos trabalhadores, como também, de acordo a letra firme da Lei.
Por decisão acertada em frente ao conciliador do Juizado Criminal, o Sindacs terá que publicar retratação das ofensas dirigidas aos nossos dirigentes, bem como, das acusações irresponsáveis contra a nossa entidade. Por dez dias seguidos, o site de tal entidade terá que assumir o erro que cometeram ao agir com conduta irregular perante ao Sindseps.
“Não se trata de uma demonstração de força ou algo que o valha. Trata-se de estabelecer a justiça, e mostrar que em nenhum momento, poderíamos ser acusados de atitudes e ações que não cometemos. Fomos convidados, e diria até, convocados para caminhar na luta dos agentes comunitários de saúde e de combate às endemias. E seremos fiéis à este chamado. Não agimos de forma a destituir quem quer que seja, pois sempre respeitamos a decisão soberana do trabalhador. Mas, reafirmo, que não aceitaremos qualquer tentativa de manchar a imagem de uma entidade histórica que traduz a luta do servidor municipal”, afirmou Jeiel Soares, coordenador geral do Sindseps.
Segundo Soares, a direção do Sindspes continua atenta aos ataques direcionados à entidade, e não deixará de utilizar a força da Justiça para acionar quem porventura cometer tais atos ofensivos. “A decisão conhecida no juizado criminal mostra que nós não titubearemos em lutar nas searas da justiça para que sejam restabelecidas a honra e as garantias dos servidores municipais”, completou.
TAGS 
Fonte: SINDSEPS

O SINDSEPS CONVIDA TODOS OS AGENTES DE SAÚDE




Todos servidores municipais inclusive os agentes de saúde estão “convocados” para fazerem parte da “tropa da alegria”, no próximo dia 01-06, a partir de 17h, na sede da Guarda Municipal de Salvador, que fica localizada na Avenida San Martin, ao lado do Colégio Modelo Luiz Eduardo Magalhães.
As atrações estão confirmadas, e todo mundo vai se divertir nessa festa que reunirá os companheiros e companheiras do serviço público municipal na homenagem ao Dia do Guarda Municipal em nossa cidade.
Venha curtir com seus amigos e amigas. Todos os servidores municipais estão convidados para essa confraternização.
Participe, e venha curtir conosco.
Fonte: SINDSEPS

GESTORES DESRESPEITAM A LEI 11.350 NO INTERIOR DA BAHIA


Agentes de saúde da prefeitura de Muniz Ferreira reclamam o descumprimento da lei municipal 11.350 que garante a vaga sem necessidade de nova seleção aos profissionais contratados até a data do acordo.
Em entrevista à rede RBR, nesta quarta-feira (23), o vereador Haroldo Prazeres (PTC) de Muniz Ferreira criticou o descumprimento da lei ao abrir processo seletivo para dezessete vagas já ocupadas pelos agentes comunitários em exercício há mais de doze anos. O vereador informou que ficou surpreso ao verificar o endereço da empresa responsável pela realização do certame, no local indicado foi encontrada uma loja de variedades, que nada tem a ver com a Brasconpe. Algumas cidades do recôncavo, como Santo Antônio de Jesus e Cruz das Almas cumpriram a lei efetivando os agentes.
Fonte: Redação 'voz da Bahia' - Eliane Azevedo

23 de maio de 2012

MOMENTOS DECISIVOS NA LUTA PELO PISO SALARIAL EM BRASILIA



Durante toda semana passada a CONACS articulou entre os parlamentares a inclusão de Emendas Parlamentares na Medida Provisória nº 568/12, sendo este caminho o mais indicado por todos os Líderes Partidários que vem apoiando incondicionalmente a luta pela regulamentação do Piso Salarial Nacional dos ACS e ACE, visto que até o presente momento o Ministério da Saúde manten-se inerte em relação à contra-proposta do Governo Federal para a regulamentação da EC 63/10.


Dessa forma, mesmo que a CONACS mantenha toda disposição de diálogo e entendimento com o Ministério da Saúde, paralelamente também está trabalhando em conjunto com os Parlamentares a estratégia de inclusão da matéria do Piso Salarial em Pauta através da MP 568, fato que nos dá a expectativa de que nos próximos dias poderemos estar votando o Piso.

Assim, hoje é um dia muito importante para a consolidação da aprovação do Piso Salarial Nacional dos ACS e ACE, pois já foram indicados os membros da Comissão Mista da MP 568 que irá relatar o texto final dessa MP e decidir se aceitarão ou não as Emendas Parlamentares que regulamentam a EC 63. 

E com o objetivo de buscar o comprometimento da maioria dos membros dessa Comissão Mista a CONACS solicita a todos os ACS e ACE que mantenham contato, pessoal, via e-mail ou telefonico com os parlamentares membros da Comissão, principalmente os do seu Estado, pedindo que os mesmos aprovem no Relatório final as Emendas Parlamentares que tratam do Piso Salarial Nacional.


VEJAM A LISTA DE PARLAMENTARES MEMBROS DA COMISSÃO MISTA DA MP 568

SENADORES TITULARES SENADORES SUPLENTES

1. Eduardo Braga (PMDB/AM) 1. Paulo Davim (PV/RN)
2. Jader Barbalho (PMDB/PA) 2. Ivo Cassol (PP/RO) 
3. Ana Amélia (PP/RS) 3. 
4. Ricardo Ferraço (PMDB/ES) 4.
5. José Pimentel (PT/CE) 5. Anibal Diniz (PT/AC) 
6. Walter Pinheiro (PT/CE) 6. Inácio Arruda (PC do B/CE)
7. Wellington Dias (PT/PI) 7. Ana Rita (PT/SE)
8. Lídice da Mata (PSB/BA) 8. Acir Gurgacz (PDT/RO)
9. Cícero Lucena (PSDB/PB) 9. Cyro Miranda (PSDB/GO)
10. José Agripino (DEM/RN) 10. Jayme Campos (DEM/MT)
11. Blairo Maggi (PR/MT) 11. Alfredo Nascimento (PR/AM)
12. Gim Argello (PTB/DF) 12. João Vicente Claudino (PTB/PI) 
13. Kátia Abreu (PSD/TO) 13. Sérgio Petecão (PSD/AC) 

DEP. FEDERAL TITULARES DEP. FEDERAL SUPLENTES

1. João Paulo Lima (PT/PE) 1. Edson Santos (PT/RJ)
2. Cláudio Puty (PT/PA) 2. Policarpo (PT/DF)
3. Osmar Serraglio (PMDB/PR) 3. Darcísio Perondi (PMDB/RS) 
4. Sandro Mabel (PMDB/GO) 4. Fátima Palaes (PMDB/AP)
5. Andréia Zito (PSDB/RJ) 5. Alberto Mourão (PSDB/SP)
6. Arthur Lira (PP/AL) 6. Jerônimo Goergen (PP/RS)
7. Rodrigo Maia (DEM/RJ) 7. Augusto Coutinho (DEM/PE)
8. Paulo Freire (PR/SP) 8. Jandira Feghali (PC do B/RJ)
9. Domingos Neto (PSB/CE) 9. Glauber Braga (PSDB/RJ)
10. André Figueiredo (PDT/CE) 10. Ângelo Agnolin (PDT/TO)
11. Augusto Carvalho (PPS/DF) 11. 
12. Jovair Arantes (PTB/GO) 12. Arno Bezerra (PTB/CE)
13. Dr. Grilo (PSL/MG) 13.

JOÃO HENRIQUE LANÇA PROJETO DE LEI QUE REGULAMENTA CONCURSO PÚBLICO

Uma proposta de projeto de lei que regulamenta os concursos públicos de Salvador foi entregue, na última segunda-feira (21), ao prefeito João Henrique Carneiro. A medida prevê, entre outras determinações, a apresentação de um cronograma oficial de convocações, uma das principais reivindicações dos aprovados no processo seletivo da Secretaria Municipal de Saúde. A requisição foi levada ao gestor pela pré-candidata a vereadora pelo PP, Luzi Pimentel. JH prometeu encaminhar o documento para análise da consultoria jurídica da prefeitura e, em seguida, para a Câmara Municipal de Salvador.

22 de maio de 2012

SINDICATO SEM EXITO EM ASSEMBLEIA, RESOLVE ATACAR MEMBROS DA AACES


Fiquem com DEUS e nos deixem em paz.

Sempre trabalhamos pelo coletivo, vamos completar um mandato de dois anos no Conselho Municipal de Saúde, e a historia vem mudando a cada dia pelo grau de organização e de luta da nossa categoria, nossos dois Conselheiros ajudou participando de todas as discussões da L.O.A e L.D.O exigindo a garantia da antecipação dos efeitos financeiros da transmudação, e para que os 15% da arrecadação municipal que fosse repassada diretamente para o fundo Municipal de Saúde, participaram também da criação dos Conselhos Distritais de Saúde, onde elegemos junto com a força dos trabalhadores em todos os Distritos Sanitários agentes de saúde como Conselheiro e até mesmo presidente em alguns, o mais recente trabalho desses guerreiros começou a brotar na ultima segunda-feira com a implantação do projeto piloto na Barra Rio Vermelho, porque foi como conselheiros que eles desengavetaram esse moderno modelo de trabalho sem horário nos Fad,s 1 e 3 e com a carga horária ininterrupta de 6 horas, esses dirigentes sindicais que querem nos atingir já estão completando quatro anos de Conselho Municipal de Saúde, gostaríamos apenas de um exemplo realizado por eles para a categoria via Conselho, eles também foram notificados pela C.G.M Controladoria Geral do Município quando auditou o Conselho por faltas, por tanto se vocês não querem trabalhar, nós queremos e gostamos. 
Não queremos atrapalhar ninguém, todo mundo tem direito de escolher o que é melhor pra si, e a categoria já decidiu sua representação sindical, agora ficar difamando pessoas usando de artifícios mesquinhos de falácias, para tentar manchar a imagem dos outros isso é vergonhoso, não queríamos entrar neste tenebroso jogo de uma entidade desesperada que quer a todo custo resgatar uma categoria que antes não valorizava e que agora vale ouro, por favor, nos deixe em paz.
Temos o respaldo legal onde pode ser visto abaixo, e inclusive a responsabilidade do nosso trabalho diário com a população soteropolitana, e nenhum membro da AACES tem liberação Sindical integral para se dedicar a categoria e acumular dois trabalhos, ou seja, o nobre representante sindical que duvida da honestidade profissional dos diretores da AACES trabalha em outro município no SAMU, perguntar não ofende, este diretor do ex-sindicato que nos representava está liberado para defender os interesses dos trabalhadores ou cumprir sua carga horária no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência em outra cidade? 

MINISTÉRIO DA SAÚDE
Conselho Nacional de Saúde
RESOLUÇÃO Nº 333 de 04 de Novembro de 2003.
Aprova as diretrizes para criação, reformulação, estruturação e
Do Funcionamento dos Conselhos de Saúde. '
Brasília, DF: Imprensa Nacional, 4 dez. 2003, n. 236, seção 1, p.
57, col. 1. ISSN 1676-2339.

DA ORGANIZAÇÃO DOS CONSELHOS DE SAÚDE
  X-  A função de Conselheiro é de relevância pública e, Portanto, garante sua dispensa do trabalho sem prejuízo para o conselheiro, durante o período das reuniões, capacitações e ações específicas do Conselho de Saúde.


PARÁBOLA DO HOMEM QUE MALTRATAVA A MULHER



Imagine você a seguinte situação que teria acontecido aqui em Salvador e reflita um pouco. Uma mulher vivia apanhando do marido e sofrendo maus tratos por vários anos. Vale ressaltar que esse marido tinha algumas amantes, mas a mulher não sabia. Por muitas vezes ela o perdoou dando varias oportunidades. Nesse tempo havia outro homem de olho na dona, no entanto apesar de saber que ela era maltratada ele a respeitava por ser casada na esperança que um dia ela deixasse o marido. Ela, no entanto acreditava na mudança de comportamento do marido e lhe deu uma ultima chance para que ele pudesse se regenerar lhe dar o devido valor, mas os maus tratos continuaram, pois o marido acreditava que ela era dependente dele por isso iria sempre estar debaixo de seus pés.  Certo dia, depois de mais alguns meses de maus tratos a mulher decidiu terminar com o casamento e deixou o marido, e tão logo aquele outro homem que estava de olho nela ao saber da decisão se aproximou e lhe deu apoio que ela nunca havia tido e hoje eles estão consolidando uma nova relação.
Após a separação a mulher descobriu que as amantes encubadas do marido são as mesmas que se diziam suas amigas, mas isso já não importa mais. Hoje o que mais se vê são atos desesperados do ex-marido tentando a todo custo fazer com que ela volte pra ele dizendo que o outro homem não presta e que ele que é o bom, só que agora é tarde, ela diz que não tem mais volta chega de ser maltratada.
A propósito esse já é segundo casamento no qual o vacilão perde a mulher por não saber trata-la com o devido valor. A primeira ex mora em Camaçari e vive uma boa relação com o novo parceiro que por coincidência ou não, é parente do atual companheiro da mulher de Salvador até o nome são bastante parecidos.


21 de maio de 2012

COMEÇOU HOJE O 3º CONGRESSO DE SECRETARIAS DE SAÚDE



Com o tema “Os Desafios do SUS à Luz do Decreto 7508/11” começou na manhã desta segunda (21) e vai até a próxima quarta (23), no Centro de Convenções, o 3º. Congresso de Secretarias Municipais de Saúde. A abertura do evento, que já tem mais de 1.200 inscritos, contou com a presença de representantes do Ministério da Saúde, do Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (CONASEMS), do secretário estadual, Jorge Solla, do presidente da União dos Prefeitos da Bahia (UPB), Luiz Caetano, deputado federal Amauri Teixeira (PT-BA), representando a bancada do Sistema Único de Saúde (SUS), e do prefeito de Salvador, João Henrique.



Para Raul Molina, presidente do Conselho de Secretários Municipais da Bahia, além de promover a troca de experiências de gestão municipal exitosas, o congresso objetiva capacitar e empoderar os gestores dos municípios para o enfrentamento dos desafios que a construção do SUS na Bahia apresenta.

Molina destaca o desafio da descentralização do sistema, do funcionamento efetivo das redes regionais de saúde e da formalização do Contrato Organizativo de Ação Pública (COAP), instrumentos de pactuação e de definição de responsabilidades solidárias, constantes do decreto 7508/11. 

“Precisamos avançar na construção de consensos, e o Congresso é um espaço privilegiado para isso, pois eles são a base de toda a pactuação que o sistema requer e a garantia de que estamos avançando no aperfeiçoamento e numa melhor resolutividade do SUS no estado da Bahia”, afirma o presidente do COSEMS-BA.
Fonte: Bahia Todo Dia

HOJE COMEÇA O PROJETO PILOTO




Hoje começa o projeto piloto no Distrito Barra Rio Vermelho A e B gostaríamos de parabenizar aos colegas que estão se empenhando para o sucesso desse projeto, a AACES esta acompanhando de perto dando apoio aos colegas, vamos nos conscientizar da responsabilidade e compromisso que temos. Tenha a convicção de que Deus está no controle  de tudo, tudo é possível quando se quer ,vencedor é aquele que acredita em si próprio em sua capacidade de superar obstáculo.