31 de agosto de 2013

Cuidado com o seu pinto!

Trate bem o seu pinto : dê sempre um banho nele.

ASSINE E DIVULGUE A PETIÇÃO PELO FIM DO VOTO SECRETO!

CÂMARA  DOS DEPUTADOS "DIZ ATRAVÉS DO VOTO SECRETO" QUE CRIMINOSO TEM QUE PERMANECER ENTRE ELES.(AFINAL, TÁ TUDO EM CASA?)


Ontem, a Câmara usou o voto secreto para manter no Congresso outro parlamentar condenado - e, desta vez, ele até já estava preso! Está mais do que na hora de nos livramos do voto secreto. Compartilhe o email abaixo com seus amigos e depois clique aqui para divulgar a campanha e aumentar a pressão sobre nossos líderes

Caros amigos do Brasil, 



Ontem, a Câmara dos Deputadosdecidiu manter o mandato de um deputado condenado e já preso por roubar 8 milhões de reais dos cofres públicos. Essa decisão insana nunca teria acontecido se os votos dos deputados fossem públicos! Vamos fazer desta a última vez em que o sistema duvidoso de votação secreta foi usado para resgatar um parlamentar corrupto!Junte-se aos quase 500 mil de membros da nossa comunidade que já assinaram a petição e compartilhe com todos! 


Assine a Petição
Ontem, a Câmara dos Deputados decidiu manter o mandato de um deputado condenado e já preso por roubar 8 milhões de reais dos cofres públicos. Essa decisão insana nunca teria acontecido se os votos dos deputados fossem públicos! Vamos fazer desta a última vez em que o sistema duvidoso de votação secreta foi usado para resgatar um parlamentar corrupto! 

Envergonhado por essa situação anti-democrática, o presidente da Câmara Henrique Eduardo Alves prometeunão colocar mais nenhuma proposta de cassação na pauta até que o fim do voto secreto seja votado. Esta é a nossa chance! 

Precisamos acabar com o voto secreto o mais cedo possível, ou então os parlamentares condenados no processo do Mensalão continuarão em seus mandatos – exatamente como aconteceu ontem com Donadon. Precisamos agir agora e exigir o fim do voto secreto! Quase 500 mil membros da Avaaz já se uniram à petição – vamos nos juntar a eles e entregar nossas vozes à Câmara para assegurar que os deputados acabem com o voto secreto

https://secure.avaaz.org/po/brazil_open_vote_nd/?bxvapeb&v=28677 

No ano passado, nós vimos o inimaginável acontecer quando – graças a seus colegas – a deputada Jaqueline Roriz escapou da cassação, mesmo depois de ter sido flagrada em vídeo colocando na bolsa dinheiro de corrupção. Culpa do voto secreto! E agora aconteceu de novo: Natan Donadon, condenado e preso por corrupção, também foi ajudado por seus colegas. É a mesma velha história, em que nos fazem de palhaços. 

Na teoria, o voto secreto existe para garantir que parlamentares não sejam alvo de ameaças e mantenham sua independência ao representar os eleitores. Atualmente, porém, é apenas mais uma ferramenta usada por nossos políticos para salvar a própria pele e atender aos próprios interesses. O voto aberto não só fará com que os deputados sejam responsáveis ​​por aquilo que fazem no Congresso, mas também com que seja possível para nós exigir as mudanças que queremos para o país. Ou o Congresso acaba com voto secreto ou o voto secreto acaba com o Congresso

Todo mundo está falando sobre isso hoje. A imprensa também está indignada com o que aconteceu e há um grande número de parlamentares apoiando a proposta do voto aberto. Vamos exigir que o deputado Henrique Eduardo Alves coloque urgentemente o voto aberto na pauta, enquanto todos estão de olho e antes que esse momento acabe

https://secure.avaaz.org/po/brazil_open_vote_nd/?bxvapeb&v=28677 

Nossa incrível comunidade está crescendo rapidamente e no epicentro das maiores mudanças que estamos presenciando em nosso país: ao longo dos últimos 18 meses, lideramos a luta contra o sistema de votação secreta que estraga nossa democracia. Vamos usar este momento para acabar com ele de uma vez por todas e criar a política limpa e transparente que merecemos. Podemos conseguir esta vitória! 

Com esperança e determinação, 

Carol, Nádia, Diego, Alex, Maria Paz, Laura, Ricken e toda a equipe da Avaaz 

30 de agosto de 2013

Força Sindical e a direção da AACES trava maior rodovia da Bahia no Dia Nacional de Luta e Mobilização


  • DSCF4604A Força Sindical e as demais Centrais realizaram várias manifestações, em Salvador e no interior, hoje (30), no Dia Nacional de Mobilização e Luta. A Força Sindical travou os dois sentidos BR-324, maior rodovia do estado, em Porto Seco Pirajá, em frente à cratera que perdura sem solução há mais de 90 dias. Outras manifestações aconteceram em vários pontos da cidade, incluindo a paralisação dos Rodoviários desde as 04h da manhã. Protestos semelhantes aconteceram na BR-116, na região de Feira de Santana, e na BA-093, que dá acesso ao Polo Industrial de Camaçari.

    Os atos do Dia Nacional de Manifestação e Luta são para que o governo atenda a Pauta Trabalhista, acelere o debate e as negociações da pauta de reivindicações entregue ao governo e ao Congresso Nacional no dia 7 de março deste ano.

    DSCF4870De acordo com Nair Goulart, Presidente da Força Sindical BA, as centrais sindicais informaram à sociedade que fariam paralisações no dia 30 se não houvesse avanço na negociação de suas reivindicações.  “Paramos o Brasil inteiro para mostrar que os trabalhadores não vão se calar. O governo não pode virar as costas para o trabalhador, para quem constrói esse país, e nós vamos fazer o nosso papel, nós vamos defender os direitos dos trabalhadores. Não à terceirização, não ao projeto de Lei 4330 que irá precarizar ainda mais as relações de trabalho.”, finalizou Nair.

    Da agenda de reivindicações da classe trabalhadora, os sindicalistas decidiram destacar para esta mobilização a regulamentação da terceirização e o combate ao Projeto de Lei 4330, o fim do fator previdenciário, a redução de jornada para 40 horas semanais sem redução de salário e a reforma agrária.

    Os Rodoviários, Construção Civil e Pesada, Servidores Públicos, Técnicos de Enfermagem, Polícia Civil, Professores, Comerciários, Bancários, Metalúrgicos, Aeroviários, Trabalhadores do Polo e da Petrobrás pararam as atividades e realizaram manifestações nos locais de trabalho, como atraso na entrada dos turnos e paralisações no interior e em Salvador.

    Para Bebeto Galvão, presidente do Sintepav BA, “a tradição dos trabalhadores brasileiros em lutar por mais direitos está sendo posta em prática no atual momento do país. “Nós temos um governo que melhorou muito a vida das pessoas com transferência de renda, educação e infraestrutura, mas, não na qualidade e na quantidade que a sociedade exige. Melhorou da porta de casa para dentro, mas de casa para fora persistem os crônicos problemas que a sociedade civil tem enfrentado.”, finalizou Bebeto.

    Às 14h a Força Sindical irá juntar-se ao Movimento Passe Livre, no Campo Grande.

    Fonte: Ascom Força Sindical BA

FORÇA SINDICAL E A AACES PRESENTE NO ATO DA BR 324



Fotos Josué Ferreira diretor da AACES

A BR-324 ficou com cerca de 10 km de congestionamento em cada sentido, na manhã desta sexta-feira (30), em razão de um bloqueio da rodovia por manifestantes no ato do Dia Nacional de Luta no estado, que durou cerca de 4h. Centrais sindicais também interditaram a BR-116, na região de Feira de Santana, e a BA-093, que dá acesso ao Polo Industrial de Camaçari. 


As vias já foram liberadas, mas ainda há problemas no trânsito. Em Salvador, rodoviários atrasaram a saída dos ônibus, que só começaram a deixar as garagens às 7h30. Eletricitários, professores, policiais civis, servidores públicos das esferas federal e municipal, químicos, petroleiros e outros trabalhadores anunciaram que não trabalharão com o efetivo total. A mobilização reivindica uma pauta única dos trabalhadores, o fim do Fator Previdenciário e a redução da jornada de trabalho de 44 para 40 horas sem perda salarial. Os trabalhadores também querem a derrubada do Projeto de Lei 4.330, que regulamenta a terceirização de atividades.
Fonte: Bahia Noticias


Vejam outras fotos clicando em mais informações abaixo:

Olhe o contracheque aí!

Pessoal, o contracheque já está disponível.

FAMILIARES CONVIDA PARA A MISSA DE SÉTIMO DIA DO IRMÃO DA COLEGA QUE FOI BRUTALMENTE ASSASSINADO


Valnei  José de Lima


ACONTECERÁ NO DIA 30/08 SEXTA-FEIRA  AS 19:00 HORAS NA IGREJA SÃO MARCOS DA FAZENDA GRANDE 3 CAJAZEIRAS A MISSA DE 7 DIA DE FALECIMENTO DO  IRMÃO DA COLEGA VALDILENE.



DIA DE MOBILIZAÇÃO TAMBÉM NA BR 324

Trânsito já está fluindo na BR-324

O trânsito na BR-324 está voltando a fluir gradativamente. O Moto Repórter da Rádio Metrópole esteve na manifestação que acontecia em ambos os sentidos da via, realizado pela Força Sindical. O movimento já liberou a via. A presidente da Força Sindical, Nair Gular, afirmou à Rádio metrópole que "Hoje é o dia nacional de luta, esta paralisação que fizemos aqui se repete em várias cidades do Brasil do interior da Bahia. Dia nacional de luta em defesa dos direitos fundamentais dos trabalhadores. Somos contra este PL 43 que está pra ser votado no Congresso Nacional. É um projeto de lei que precariza ainda mais as condições de trabalho dos trabalhadores",
Fonte:Jornal Metropole
 

29 de agosto de 2013

Deputado do PSB diz que candidatura de Lídice da Mata é “irreversível"

Um dos dois deputados do PSB na Assembleia Legislativa da Bahia, Capitão Tadeu está no centro das discussões atuais do partido no estado. Uma vez que não há muitos candidatos a deputado federal na legenda ano que vem, o nome do parlamentar é um dos favoritos internamente. E ele confirma que, em 2014, tentará a Câmara Federal.
 
O contato direto com a Executiva Estadual e outros líderes brasileiros dos socialistas fez também com que Tadeu tivesse suas próprias conclusões acerca da pré-candidatura da senadora Lídice da Mata ao Governo do Estado. No seu entendimento, a candidatura é agora “irreversível”. A situação de Lídice é endossada inclusive por números recentes capturados em pesquisas de opinião.
 
“Eu vejo como irreversível. Ela e Eduardo Campos (pré-candidato a presidente e dirigente nacional do PSB). Ela tem chances de chegar ao 2º Turno. E se o PT for inteligente, apoia ela”, disparou. O deputado avaliou também os motivos de tentar a vaga em Brasília e disse que sua missão nas esferas menores já foi cumprida.
 
“Dois mandatos de vereador; três de deputado estadual, eu já estava no limite do que eu poderia colaborar. Chega um ponto que você precisa de outros desafios. O que eu podia dar como vereador e deputado estadual eu dei, não tinha mais o que dar. E aí eu me predispus a sair candidato a deputado federal. Existem vários desafios”, explicou.
 
Por enquanto, Tadeu encara sozinho a “correria” para viabilizar seu nome. Uma vez que o PSB ainda não sabe se fará parte da base de Wagner ano que vem ou não, os caminhos da coligação são um mistério. Portanto, as viagens semanais ao interior para se aproximar das bases são uma ação unicamente sua, pois o partido ainda não se envolve no processo.
 
O socialista comentou também sobre a “dobradinha” que deverá compor com o atual vereador de Salvador Soldado Prisco (PSDB) e disse que como o ex-PM é candidato à Assembleia Legislativa, não haverá perda de votos entre eles e que, diante desta situação, a tropa está fechada nos nomes de ambos os candidatos ano que vem.
 
“Independente da minha vontade ou da dele, a tropa já disse: ‘é Prisco estadual e Tadeu federal’. Queiramos ou não”, avaliou. Ele avaliou ainda que outros policiais deverão também concorrer, mas o grosso da corporação já decidiu os candidatos e, ainda que uma ou outra voz discorde das escolhas, o processo interno foi de indicação dos dois nomes. “alguns são fortes em uma cidade, mas não são bons no geral. Às vezes tem um policial que é forte naquela cidade, mas só naquela cidade. Em geral, em termos de nomes conhecidos, é Prisco e Tadeu.”
Fonte: Bocão News

Sindseps e a AACES consegue adiamento de votação das propostas irregulares da Prefeitura

DSC_0076
O Sindseps e a direção da AACES se reuniu, na tarde de ontem (28), com os líderes do governo e da oposição na Câmara Municipal, Joceval Rodrigues e Gilmar Santiago, respectivamente, e com os vereadores Aladilce Souza, Fabíola Mansur, Silvio Humberto, Hilton Coelho, Everaldo Augusto e Claudio Tinoco para questionar a postura autoritária da Prefeitura na elaboração das Mensagens do Executivo 09, 10, 11 e 12/13 e pedir que eles não votem as propostas da maneira como estão construídas. Elas tratam sobre a contratação de REDAs para diversos órgãos da Prefeitura; a garantia de aumento, em janeiro de 2014 (além dos 6,59% garantidos para todos os servidores em 2013), somente para os analistas de serviços municipais, ou seja, não inclui os analistas de desenvolvimento sociocultural e de processos organizacionais, entre outros cargos de nível médio e superior, nas funções que terão os salários reajustados; e sobre a indefinição do mês para a retroatividade do reajuste da categoria, pontos que desvalorizariam e prejudicariam muito os servidores.
DSC_0045
Graças à postura firme do Sindicato, dos servidores e dos vereadores de oposição presentes na reunião, o líder do governo disse que a votação das Mensagens será adiada, a fim de dar tempo de uma comissão analisá-las e propor as alterações. “Estamos lutado para que o que foi acordado com a categoria seja colocado no papel e tenhamos garantias legais do seu cumprimento”, afirmou  o diretor do Sindseps Bruno Cruz.
DSC_0038

DIA NACIONAL DE LUTA E MOBILIZAÇÕES NA BAHIA E A DIREÇÃO DA AACES ESTARÁ LÁ


CONACS EXPLICA TUDO SOBRE A NÃO VOTAÇÃO PISO SALARIAL NACIONAL DOS AGENTES DE SAÚDE NESTE DIA 03/09/2013.





A CONACS vem em caráter de urgência comunicar a todas as Federações e sindicatos, bem como, a categoria em geral, que está adiada a votação do Piso Salarial Nacional, prevista para a próxima semana, dia 03 de setembro.
O adiamento se dará devido a um comunicado da presidência da Câmara ocorrido no dia deste 28/08, informando que apesar de todos os esforços para ter a pauta destrancada ainda essa semana não foi possível, mesmo   tendo sido votado todas as Medidas Provisórias,  contrariando as expectativas, o Governo manteve o caráter de urgência constitucional do Projeto que trata da Mineração, já sabendo que seu parecer final só fica pronto segundo previsões no início de outubro.

Dessa forma, em reunião realizada  na noite deste 28/08, presentes a CONACS, diversos parlamentares e o Presidente da Câmara Henrique Alves, ficou acordado que, tão logo a pauta seja desobstruída, o 1º projeto que será votado, deverá ser o PL 7495/06, que regulamenta o Piso Salarial. Tal compromisso foi noticiado em rede nacional pelo próprio Presidente da Câmara Henrique Alves e diversos outras Lideranças  partidárias.

ATÉ QUANDO A PAUTA FICARÁ TRANCADA

No início do mês de agosto, quando foi realizada a 2ª Vigília, todos foram pegos de surpresa com o argumento de que não poderia ser realizada nenhuma votação do Piso Salarial porque a pauta estaria trancada, marcada essa votação para o dia 03 de setembro, quando já segundo  expectativas, a  pauta já estaria liberada para as votações da Câmara.

Ocorre que, dos 5 itens que trancavam a pauta, apenas 2 foram votados, ou seja, a MP 613 e 616. Os outros 3 itens são projetos de lei “carimbados” com regime de urgência constitucional, e esse “carimbo” é dado ou retirado apenas pela Presidente da República, e só podem ser votados na ordem cronológica em que foram incluídos na Pauta de votação.

Assim,  o primeiro projeto de urgência constitucional que está trancando a pauta ainda está na fase de Audiências Públicas, e a Comissão Especial que faz sua análise tem uma previsão de apenas no final de setembro, início de outubro que este projeto estará apto a ser votado em Plenário.

Os demais projetos de urgência constitucional já estão prontos pra serem votados, e segundo os parlamentares não terão dificuldades para serem votados.

Em reunião com o presidente Henrique Alves, a presidente da CONACS Ruth Brilhante fez o questionamento sobre a previsão de quando a pauta estaria desobstruída, tendo como resposta um posicionamento firme: “Eu estive agora falando com o Governo e Michel Temer, e reiterei o nosso pedido de que a Presidente retirasse o regime de urgência  do Projeto de Regulamentação da Mineração e eu me comprometeria a pauta-lo no inicio de outubro. Mas se o Governo tiver com a intensão de trancar a pauta da Câmara, eu não vou a admitir isso em hipótese alguma,  não podemos ficar 2 meses sem poder votar os projetos de interesse dos parlamentares! Por isso dei o prazo até terça-feira (03/09) para que o Governo retire o regime de urgência, ou, então vamos colocar o PL da Mineração na pauta e derrubá-lo em Plenário... e com isso votamos os demais projetos e liberamos a pauta para as votações de interesse da Câmara.”


DAS PRÓXIMAS PROVIDÊNCIAS DA CONACS

Diante dessa reviravolta na data de votação do PL 7495/06 a CONACS decidiu suspender a Mobilização da próxima semana, mas desde já, CONVOCA seus Diretores e Lideranças da categoria de cada Estado para estarem presentes em reunião extraordinária  nos dias 03 e 04 de setembro em Brasília, e juntos organizarmos as novas estratégias de mobilização.

 É fundamental que as lideranças estejam presentes na próxima semana em Brasília, pois teremos que avaliar todo o andamento das negociações para a desobstrução da Pauta e definir a data da próxima Mobilização, se possível ainda para a semana do dia 10/09.

Contamos com a compreensão de todos e reiteramos o nosso compromisso de estar lutando para a aprovação do nosso Piso Salarial.  

FONTE: CONACS.

SALÁRIO EM LANÇAMENTOS FUTUROS COM O PASEP


A direção da AACES obteve a informação do C.D.R.H que amanhã além do salário o PASEP estará também na conta.

Prefeitura nomeia 235 convocados no concurso da Saúde

A Prefeitura de Salvador publicou no Diário Oficial do Município (DOM) desta quinta-feira (29) o decreto de nomeação de mais 235 profissionais para exercerem funções na Secretaria Municipal da Saúde (SMS). Com o objetivo de ampliar a profissionalização do serviço médico da capital baiana, já foram nomeados, este ano, 495 aprovados.

Em 21 especialidades foram nomeados 82 técnicos de enfermagem, 21 enfermeiros, 18 oficineiros, 16 terapeutas ocupacionais, 13 assistentes sociais, oito farmacêuticos bioquímicos, sete fisioterapeutas, 11 educadores físicos, 11 psicólogos, dez auxiliares em saúde bucal, seis técnicos em laboratório, quatro nutricionistas, um fiscal sanitário físico, dois técnicos em saúde bucal, além de oito médico,s entre cardiologista, intervencionista e generalista e 17 odontólogos nas áreas clínica, de endodontia, de oncologia e de cirurgia buco maxilo facial.

Os nomeados devem comparecer para tomar posse, no prazo legal de 30 dias corridos, a partir da data da publicação, na Secretaria Municipal de Gestão (Semge), situada na Av. Vale dos Barris, nº 125, das 8h às 11h e das 14h às 16h, munido da mesma documentação original entregue no ato da convocação. A fim de atestar a compatibilidade, o candidato que já for ocupante de função pública deverá apresentar uma declaração original expedida pelo setor de recursos humanos ou departamento de pessoal do órgão ou entidade informando o cargo, carga horária e o horário de trabalho exercido.

Para mais informações, o candidato pode procurar a Subcoordenadoria de Provisão, Carreira e Remuneração da secretaria através do e-mail: pcre@salvador.ba.gov.br

Dia Nacional de Lutas: Rodoviários fazem paralisação das 4h às 8h nesta sexta em Salvador

Dia Nacional de Lutas: Rodoviários fazem paralisação das 4h às 8h nesta sexta em Salvador
Foto: Divulgação
Em adesão ao Dia Nacional de Lutas, movimento nacional organizado pela Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB), os rodoviários de Salvador decidiram paralisar as atividades por quatro horas no início da manhã desta sexta-feira (30). Em entrevista ao Bahia Notícias, o vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Salvador, Manoel Machado, informou que todos os ônibus metropolitanos e intermunicipais permanecerão nas garagens das 4h às 8h. Segundo ele, a principal reivindicação da categoria é a revogação do Projeto de Lei 4330, de autoria do deputado federal Sandro Mabel (PMDB-GO), que prevê a ampliação do número de trabalhadores terceirizados nas empresas brasileiras. 
Fonte:Bahia Noticias

Fiscais federais agropecuários na Bahia aderem a greve nacional da categoria



Os fiscais federais agropecuários na Bahia aderiram à greve nacional da categoria, decretada nesta quinta-feira (29). A paralisação atinge vários estados brasileiros e, em Salvador, os servidores realizaram protestos. Os manifestantes, vestidos de preto, realizaram um sepultamento simbólico em frente à sede da Superintendência Federal de Agricultura na Bahia, localizada no Largo dos Aflitos. Os manifestantes simbolizaram o enterro da atual gestão do Ministério da Agricultura. A categoria quer a realização de concurso público e a criação de uma escola de formação de fiscais. Na última terça (27), os fiscais federais agropecuários distribuíram duas toneladas de frango, em protesto realizado em frente ao Ministério da Agricultura, em Brasília. Além das reinvidicações citadas, os trabalhadores criticam as indicações do advogado Rodrigo Figueiredo para a Secretaria de Defesa Agropecuária e do veterinário Fábio Braile Turquino para o Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Dipoa). A categoria alega que há ocupação política dos cargos técnicos da pasta.

Comunicado urgente


29/08
Imprimir
 A CONACS vem em caráter de urgência comunicar a todas as Federações e sindicatos, bem como, a categoria em geral, que está adiada a votação do Piso Salarial Nacional, prevista para a próxima semana, dia 03 de setembro.
O adiamento se dará devido a um comunicado da presidência da Câmara ocorrido no dia de ontem, informando que apesar de todos os esforços para ter a pauta destrancada ainda essa semana não foi possível, mesmo   tendo sido votado todas as Medidas Provisórias,  contrariando as expectativas, o Governo manteve o caráter de urgência constitucional do Projeto que trata da Mineração, já sabendo que seu parecer final só fica pronto segundo previsões no início de outubro.
Dessa forma, em reunião realizada ontem a noite, presentes a CONACS, diversos parlamentares e o Presidente da Câmara Henrique Alves, ficou acordado que, tão logo a pauta seja desobstruída, o 1º projeto que será votado, deverá ser o PL 7495/06, que regulamenta o Piso Salarial. Tal compromisso foi noticiado em rede nacional pelo próprio Presidente da Câmara Henrique Alves e diversos outras Lideranças  partidárias.
ATÉ QUANDO A PAUTA FICARÁ TRANCADA
No início do mês de agosto, quando foi realizada a 2ª Vigília, todos foram pegos de surpresa com o argumento de que não poderia ser realizada nenhuma votação do Piso Salarial porque a pauta estaria trancada, marcada essa votação para o dia 03 de setembro, quando já segundo  expectativas, a  pauta já estaria liberada para as votações da Câmara.
Ocorre que, dos 5 itens que trancavam a pauta, apenas 2 foram votados, ou seja, a MP 613 e 616. Os outros 3 itens são projetos de lei “carimbados” com regime de urgência constitucional, e esse “carimbo” é dado ou retirado apenas pela Presidente da República, e só podem ser votados na ordem cronológica em que foram incluídos na Pauta de votação.
Assim,  o primeiro projeto de urgência constitucional que está trancando a pauta ainda está na fase de Audiências Públicas, e a Comissão Especial que faz sua análise tem uma previsão de apenas no final de setembro, início de outubro que este projeto estará apto a ser votado em Plenário.
Os demais projetos de urgência constitucional já estão prontos pra serem votados, e segundo os parlamentares não terão dificuldades para serem votados.
Em reunião com o presidente Henrique Alves, a presidente da CONACS Ruth Brilhante fez o questionamento sobre a previsão de quando a pauta estaria desobstruída, tendo como resposta um posicionamento firme: “Eu estive agora falando com o Governo e Michel Temer, e reiterei o nosso pedido de que a Presidente retirasse o regime de urgência  do Projeto de Regulamentação da Mineração e eu me comprometeria a pauta-lo no inicio de outubro. Mas se o Governo tiver com a intensão de trancar a pauta da Câmara, eu não vou a admitir isso em hipótese alguma,  não podemos ficar 2 meses sem poder votar os projetos de interesse dos parlamentares! Por isso dei o prazo até terça-feira (03/09) para que o Governo retire o regime de urgência, ou, então vamos colocar o PL da Mineração na pauta e derrubá-lo em Plenário... e com isso votamos os demais projetos e liberamos a pauta para as votações de interesse da Câmara.”
DAS PRÓXIMAS PROVIDÊNCIAS DA CONACS
Diante dessa reviravolta na data de votação do PL 7495/06 a CONACS decidiu suspender a Mobilização da próxima semana, mas desde já, CONVOCA seus Diretores e Lideranças da categoria de cada Estado para estarem presentes em reunião extraordinária  nos dias 03 e 04 de setembro em Brasília, e juntos organizarmos as novas estratégias de mobilização.
 É fundamental que as lideranças estejam presentes na próxima semana em Brasília, pois teremos que avaliar todo o andamento das negociações para a desobstrução da Pauta e definir a data da próxima Mobilização, se possível ainda para a semana do dia 10/09.
Contamos com a compreensão de todos e reiteramos o nosso compromisso de estar lutando para a aprovação do nosso Piso Salarial.  

CONFIRMADO: HOJE 29/08 TRABALHO NORMAL E AMANHÃ 30/08 PARALISAÇÃO NACIONAL


    Rodoviários confirmaram paralisação das 04h às 08h da manhã e BR 324 será interditada nos dois sentidos.

    Trabalhadores convocados pela Força Sindical e demais centrais irão às ruas reivindicar mudanças na política econômica e o atendimento da pauta trabalhista, sexta-feira (30). As manifestações irão começar de madrugada, às 04h da manhã, quando os rodoviários não irão sair das garagens e ficarão parados até às 08h. Os trabalhadores irão bloquear, na altura da Jaqueira do Carneiro, os dois sentidos da BR-324, a partir das 06 horas da manhã.

    Os trabalhadores irão parar grandes avenidas da capital e rodovias do estado. 

    Os Rodoviários, Construção Civil e Pesada, Servidores Públicos, Agentes de Saúde, Técnicos de Enfermagem, Polícia Civil, Professores, Comerciários, Bancários, Metalúrgicos, Aeroviários, Trabalhadores do Polo e da Petrobrás já afirmaram que irão parar as atividades e também irão realizar manifestações nos locais de trabalho, como atraso na entrada dos turnos e paralisações ao longo do dia no interior e em Salvador.

    DSCF4239Para Nair Goulart, presidente da Força Sindical BA, o ato, que é uma das etapas após o Dia Nacional de Lutas e Mobilizações, que ocorreu no dia 11 de julho, é para acelerar o debate e as negociações da pauta de reivindicações da classe trabalhadora, entregue ao governo e ao Congresso Nacional no dia 7 de março deste ano.  “As centrais sindicais decidiram no dia 12 de julho dar um prazo para que o governo abrisse negociações sobre a pauta trabalhista. O governo não nos ouviu, não temos outra escolha a não ser mostrar a insatisfação dos trabalhadores e dizer que queremos respeito. Por isso serão realizadas paralisações por todo o país.”, finalizou Nair.

    Da agenda de reivindicações, os sindicalistas decidiram destacar a aprovação do piso nacional dos Agentes de Saúde, a luta contra o Projeto de Lei 4330, o fim do fator previdenciário, a redução de jornada para 40 horas semanais sem redução de salário e a reforma agrária.

    Fonte: Ascom Força Sindical BA

28 de agosto de 2013

Atenção, agentes de saúde!

Atenção ACS e ACE - Em virtude da presidente Dilma Rousseff ter oficializado hoje o pedido de urgência para votação do Código da Mineração, a pauta da Câmara dos Deputados está trancada. Regimentalmente, nenhum projeto de lei poderá ser votado.

No início desta noite de quarta-feira, 28/08, em caráter de urgência, o presidente da Câmara Federal, deputado Henrique Eduardo Alves, convocou uma reunião, na Sala da Presidência, para comunicar que a matéria sobre a regulamentação do piso dos ACS e ACE será a primeira votação após a liberação da pauta.

O presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias, deputado federal Raimundo Gomes de Matos (PSDB/CE); outros parlamentares membros da Frente e representantes da Confederação Nacional dos ACS - CONACS, entre eles a presidente Ruth Brilhante e a assessora jurídica, Elane Alves; argumentaram e defenderam a urgência da votação.

Presidente Henrique Alves se comprometeu comunicar a nova data na próxima semana.

Fonte: Raimundo Gomes de Matos

Ministério Público aciona Viabahia para suspensão de pedágio na BR 324


Foto: Henrique Oliveira
 
O Ministério Público Federal na Bahia (MPF/BA) ajuizou, no último dia 15 de agosto, ação civil pública contra a Viabahia e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) a fim de que a Justiça Federal conceda liminar obrigando a concessionária a realizar obras e serviços, previstos no contrato de concessão, a fim de tapar a cratera formada, há mais de dois meses, no km 618 da BR-324 (sentido Salvador - Feira de Santana), nas proximidades do Porto Seco Pirajá. Os procuradores da República Melina Castro Montoya Flores, Marcos André Carneiro Silva e Claytton Ricardo de Jesus Santos requereram a suspensão integral do pedágio na Praça 1, localizada no km 597 da Rodovia BR-324, até que sejam concluídas as obras de reparação das pistas. Requereram, ainda, que a Justiça obrigue a concessionária a apresentar um cronograma de execução das obras, cujo prazo não ultrapasse 30 dias, a ser contado a partir da decisão liminar, sob pena de multa diária de 50 mil reais por dia de atraso.
 
O MPF aponta na ação que a Viabahia não se mostrou diligente na fase inicial do problema – quando do surgimento do grande buraco na BR - e que não cumpriu o contrato de concessão quanto à obrigação de realizar as obras e serviços nos prazos fixados pela ANTT. De acordo com o contrato, firmado em setembro de 2009 com prazo de 25 anos, a concessionária é obrigada a reparar os vícios, defeitos ou incorreções nos prazos que foram fixados pela agência. Em relação à ANTT, o MPF argumenta, na ação, que a agência não cumpriu como deveria seu papel de agente fiscalizador, uma vez que não estabeleceu prazos para que a concessionária reparasse os defeitos da via sob sua concessão, além de não ter exigido um cronograma de execução das obras.
 
O buraco, que começou com um afundamento das duas faixas da via marginal que dá acesso ao Porto Seco Pirajá, no km 618 da BR 324, transformou-se em uma cratera, provocando a interdição do tráfego no sentido Salvador-Feira de Santana. O fato agravou a situação de caos que já vinha sendo enfrentada pelos usuários da rodovia por conta da formação de grandes engarrafamentos, impossibilitando a regular circulação de motoristas e passageiros que circulam todos os dias entre as duas cidades. 
 
De acordo com as apurações do MPF, somente após atingir mais de 50% da via que liga Salvador à Feira de Santana, que a Viabahia adotou medidas para sanar o problema. Mesmo assim, os usuários da rodovia tiveram de arcar com o ônus de seguir por rotas alternativas, além do pagamento integral de duas praças de pedágio na BR-324, ao seguir pela via Cia/Aeroporto. O problema agravou-se mais ainda ao se estender o trânsito para uma parte da via no sentido oposto (Feira de Santana – Salvador), uma vez que a concessionária adotou como solução a utilização dessa alternativa para escoar o trânsito dos motoristas que saem da capital.
 
Número da ação para consulta processual: 0007044-33.2013.4.01.3304. A ação foi ajuizada na Justiça Federal em Feira de Santana, mas, no último dia 21 de agosto, houve declínio de competência para a Justiça Federal na Bahia.
 
Fonte: MPF/BA

27 de agosto de 2013

Ex-secretaria de saúde Tatiana Paraíso confirma investida por assento na Assembleia Legislativa


O ex-prefeito João Henrique estreou o novo programa de rádio na última segunda-feira (26). Ao lado do agora radialista estava a esposa Tatiana Paraíso que auxiliou o staff do marido durante todo o programa. Paraíso demonstrou desenvoltura no trato com os aliados políticos que participaram da primeira investida de JH do outro lado do microfone.

Ao menos neste contato inicial com a agenda política eleitoral, Tatiana não demonstrou tanta intimidade. Em conversa com a reportagem do Bocão News, ela se mostrou reticente ao ser escalada para disputar um cargo eletivo em 2014. A ex-primeira-dama de Salvador será candidata à deputada estadual pelo PSL no próximo ano.

“É outro mundo. Precisa ter muita desenvoltura, mas é um mundo diferente”, revelou. A experiência na Secretaria Municipal da Saúde será explorada durante a empreitada, mas, embora não tenha feito referência a respeito, o fiel da balança será a popularidade de João Henrique.

O ex-prefeito, inclusive, fez questão de transmitir aquilo que entende como um equívoco tupiniquim. “O problema é que aqui no Brasil nós temos uma cultura equivocada de avaliar as pessoas do ponto de vista político como se estivéssemos fazendo uma avaliação do ponto de vista popular. Uma coisa é um cidadão que é um bom político, um articulador, um orador eloquente. Outra é o cidadão que é bom porque o povo confia”.

A capacidade de transferência de votos pode determinar a candidatura de Tatiana Paraíso, mas, sem dúvidas, também pode provocar reações naqueles aliados que esperam uma forcinha de João Henrique. O deputado Deraldo Damasceno (PSL) esteve na transmissão. É um parlamentar que teve muitos votos no Subúrbio Ferroviário de Salvador, mesmo local onde, o ex-prefeito tem, ou tinha, base eleitoral.

Marcos Medrado, de malas prontas para o ainda não criado partido Solidariedade, também será candidato a deputado estadual. Este também tem tido um quantitativo de votos significativo na região.

Tatiana Paraíso vai disputar estes votos também. Além desses, travará uma “batalha” com Maria Luiza Orge (PSD). A ex-esposa de João Henrique vai para a reeleição e começa a demarcar território para permanecer.

Embora não se trate de uma disputa direta, a tendência é que muitos dos votos sejam divididos entre elas.

Fonte: Bocão News

AACES e Sindseps promete ocupar Câmara de Vereadores se alterações não forem feitas em propostas do Executivo

DSC_0004

A direção da AACES junto com o  Sindseps esteve, mais uma vez, nesta terça-feira (27) na Câmara Municipal para pressionar os vereadores a não votarem, da maneira como estão expostas, as Mensagens do Executivo 09/13 e 12/13. As propostas, que tratam sobre a contratação de REDAs para diversos órgãos da Prefeitura e sobre a indefinição do mês para a retroatividade do reajuste da categoria, prejudicam os milhares de servidores públicos do município.
1167098_155001854700277_474298757_o
Segundo o diretor do Sindseps Helivaldo Alcântara, se as alterações não forem feitas e se o reajuste não for executado logo, com todos os pontos acertados em assembleia, os servidores ocuparão a Câmara até que isso aconteça. “Temos o direito de protestar e reivindicar que o que a categoria acordou com a Prefeitura seja cumprido fidedignamente”, acrescentou Alcântara.

Ibope: oposição está na dianteira e Lídice da Mata como nome da base



Pesquisa do Ibope, encomendada pela Federação dos Empregados no Comércio de Bens e Serviços do Estado da Bahia e Sergipe (Fecombase), confirma levantamento de outros institutos e mostra que, se a eleição fosse hoje, a oposição na Bahia elegeria o sucessor do governador Jaques Wagner (PT).


O Ibope também revela que no campo governista a senadora Lídice da Mata (PSB) é a melhor pontuada e que entre os pré-candidatos petistas, o senador Walter Pinheiro é o que aparece com vantagem.

O secretário da Casa Civil, Rui Costa, tido como o preferido do governador, perde para Pinheiro nas várias simulações feitas para atestar a preferência do eleitor.
A pesquisa foi realizada entre os dias 17 e 21 de agosto, em todas as regiões do Estado, e entrevistou 1008  pessoas. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.  

Na pesquisa estimulada (nomes são apresentados ao entrevistado) com todos os pré-candidatos, a oposição aparece nas três primeiras colocações: o prefeito de Salvador ACM Neto (DEM), com 26%; o ex-governador Paulo Souto (DEM), 14%; e o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB), com 13%.

A senadora Lídice da Mata (PSB) obteve com 6%; o senador Walter Pinheiro (PT), 4%; vice-governador Otto Alencar (PSD), 2%; o deputado estadual Marcelo Nilo (PDT), 1%., com igual percentual do secretário Rui Costa (PT). Por último, sem pontuar, aparece o ex-prefeito de Mata de São João,   João Gualberto (PSDB).

Nos cenários em que o nome de ACM Neto não consta na lista,  Geddel só perderia o governo do Estado para outro nome da oposição, o ex-governador Paulo Souto. Ex-ministro da Integração Nacional e atual vice-presidente de pessoa jurídica da Caixa, Geddel, pela pesquisa, teria 30% da preferência do eleitor.

Já a senadora Lídice da Mata se mantém consolidada como a pré-candidata da base com mais chances de chegar ao governo. A ex-deputada e ex-prefeita de Salvador  fica, nos oito cenário pesquisados (veja infográfico de quatro cenários), à frente de Walter Pinheiro e de Rui Costa.

Mudança - O Ibope também quis saber se o eleitor quer mudança ou continuidade no governo do Estado. Trinta e sete por cento dos entrevistados disseram que querem mudar totalmente a administração. Dariam continuidade a alguns programas, mas mudariam muita coisa, 35%.
Outros 19% dos ouvidos disseram que fariam poucas mudanças no governo e dariam continuidade para muitas coisas. Dariam continuidade total à atual administração estadual, 9%, enquanto  4% não souberam  opinar sobre a questão.

DIA 30 MOBILIZAÇÃO NACIONAL


Dia 30 vamos novamente às ruas em manifestações, paralisações e greves. Além do fim do Fator Previdenciário, queremos mais saúde, educação e segurança.

Vamos mostrar nossa força e exigir as mudanças que queremos!

CONVOCATÓRIA
Dia Nacional de Mobilização e Luta – 30 de agosto
A Força Sindical BA convoca os seus sindicatos para o dia Nacional de Mobilização e Luta, dia 30, na Jaqueira do Carneiro, na BR 324, às 05h.
Representantes de cinco centrais sindicais se reuniram nesta terça-feira, 27, em Salvador, para organizar o Dia Nacional de Mobilização e de Paralisação, em 30 de agosto, para acelerar o debate e as negociações da pauta de reivindicações da classe trabalhadora, entregue ao governo e ao Congresso Nacional no dia 7 de março deste ano. Da agenda de reivindicações da classe trabalhadora, os sindicalistas decidiram destacar para esta mobilização a regulamentação da terceirização e o combate ao Projeto de Lei 4330, o fim do fator previdenciário, a redução de jornada para 40 horas semanais sem redução de salário e a reforma agrária.
É importante que fique claro que o Dia Nacional de Mobilização e de Paralisação será realizado em todo o País e as ações serão realizadas prioritariamente nos locais de trabalho – atraso na entrada dos turnos, paralisações, atos e manifestações ao longo do dia.
As centrais sindicais renovaram os esforços para a construção da unidade como forma de fortalecer a luta dos/as trabalhadores/as para ampliar as conquistas.

ENQUANTO ALGUNS SÓ SABEM PROTOCOLAR, CRITICAR E MENTIR PARA CONFUNDIR A CABEÇA DA CATEGORIA, A AACES E O SINDSEPS ESTÃO LUTANDO


Estivemos ontem 26/08 na câmara de vereadores articulando com alguns para alterar  o projeto do nosso aumento, porque a prefeitura está aproveitando a oportunidade para mexer na lei que nos rege e lá na frente podemos ter prejuízos imensuráveis.
A luta continua, hoje estaremos novamente no campo de batalha, porque quem não luta pelos seus direitos não é digno de te-los, como dizia o grande Rui Barbosa.  

UNIÃO E LUTA ESSE É O NOSSO LEMA

H estreia no rádio ao lado de políticos 'amigos' e com coro de 'saudades, volta João'

JH estreia no rádio ao lado de políticos 'amigos' e com coro de 'saudades, volta João'
Foto: Divulgação
O que era pra ser um "Papo Livre", com participação da população através dos microfones abertos, começou com dois motes: “parabéns João” e o Subúrbio Ferroviário de Salvador. Ao lado de políticos, a quem chamou de “amigos”, o ex-prefeito da capital baiana João Henrique (sem partido) começou nesta segunda-feira (26) o programa diário que fará na Rádio 100 (100,7FM), entre 18h e 19h. O "Papo Livre com João" teve um tom bem definido pela frase do vereador José Trindade (PSL), legenda que será a casa de JH. “[A população tem] saudade e não cansa de dizer volta João”, floreou o edil. A Câmara Municipal esteve representada por “amigos de João” do PTN: Geraldo Júnior e Toinho Carolino, integrantes do PSL e inúmeros outros políticos, como Marcell Moraes (PV), que enviou uma mensagem de texto com “saudações ecológicas” e recebeu em retorno um “abraço verde” do ex-prefeito. Atuando principalmente como mediador, João Henrique levantou a bola para os convidados comentarem temas como a carga tributária da capital baiana e o programa federal Mais Médicos. Parlamentares também marcaram presença, a exemplo do deputado federal Marcos Medrado (PDT), e os estaduais João Carlos Bacelar (PTN) – via SMS –, e Deraldo Damasceno (PSL). O ex-delegado ressaltou, repetidamente, que foi o “deputado estadual mais votado de Salvador” e também parabenizou o “colega” do curso de radialista, classificando ambos como “muito queridos” no Subúrbio. 
 
Composição: Tiago Melo | Bahia Notícias
 
A promessa é de que o ‘Papo Livre’ tenha participação aberta para a população a partir da semana que vem, mas nesta segunda não se ouviu uma crítica sequer ao ex-prefeito durante toda a hora da atração. Os ouvintes, todos do bairro da periferia soteropolitana – como a Maura e o João – foram citados diversas vezes, com repetidas mensagens de que o “Subúrbio Ferroviário adora João” ou que “tem saudades” do ex-prefeito. “Não podia deixar de no primeiro dia vir aqui te dar um abraço e, pelo visto, pelo andar dos convidados, todo mundo está aqui para abraçar João Henrique. Quando se tem carinho e carisma é isso que acontece. Falava sempre que você [JH] ia brilhar, porque o povo da cidade gosta de você”, resumiu Medrado. João também recebeu felicitações do prefeito de Irecê, Luizinho Sobral (PTN); da presidente da União dos Municípios da Bahia e prefeita de Cardeal da Silva, Maria Quitéria (PSB); do ex-secretário de Educação de Salvador, Carlos Soares, e do vereador Euvaldo Jorge (PP). Entre as mensagens uma chamou a atenção, a de um pastor chamado Telmo de Oliveira, que prometeu “interceder” pelo apresentador, sem citar o motivo de o ex-prefeito necessitar da forte ajuda espiritual. JH também não cansou de ressaltar que o “programa deve ter grande audiência no Subúrbio”, exatamente o local conhecido por ser o ponto de Salvador em que obteve expressiva votação. O "Papo Livre" terminou com uma defesa do apresentador à administração que fez. “Existem limitações que muita gente não conhece e, do outro lado, é fácil jogar pedra. Aí quando assume o cargo no Executivo, toma conhecimento das limitações do exercício do cargo”, admitiu. Ainda no final do programa, o deputado estadual Reinaldo Braga (PR) – pai do coordenador-geral das subprefeituras na gestão de ACM Neto – também deu os parabéns a JH, que ainda recebeu outra “mensagem de carinho”, de Sósthenes Macêdo, atual gestor de uma subprefeitura de Salvador, justamente a do “querido Subúrbio Ferroviário”. Coapresentador da atração, Jackson Campos afirmou que a estreia foi com “muito amor e carinho”. Pelo menos dos políticos da chamada "base henriquista" o clima foi realmente de paz e amor. Resta saber como será quando “o querido povo” tiver linha aberta a chance de parabenizar o ex-prefeito.