17 de março de 2014

Secretário Nacional da Atenção Básica diz que assistência precisa ir além de ‘postinho de saúde’


Secretário Nacional da Atenção Básica diz que assistência precisa ir além de ‘postinho de saúde’
Foto: Francis Juliano/Bahia Notícias
Em agenda na Bahia nesta segunda-feira (17), o secretário Nacional da Atenção Básica, Helvécio Magalhães, disse que o país precisa “insistir” no que chamou de “caminho brasileiro para o Sistema Nacional de Saúde”. A proposta, segundo ele, tem como base a convivência com o setor privado na prestação de serviços e a ampliação da assistência básica. “Não é [assistência] de postinho de saúde, com médicos de vez em quando, que vai resolver, mas sim unidades robustas, bem equipadas, com banda larga, prontuário eletrônico, com equipe com carreira e com concurso público”, disse ao BN, durante a Aula Inaugural de semestre no Instituto de Saúde Coletiva (ISC-Ufba). De acordo com o gestor, que substituiu o ministro Arthur Chioro em visita ao estado, os principais problemas da saúde brasileira passam também por financiamento, formação de profissionais para o Sistema Único de Saúde e ampliação do número de médicos e de vagas de medicina. “Nós não podemos deixar de dizer que, apesar de todas as dificuldades momentâneas, ainda investimos pouco em saúde”, avaliou Helvécio, antes de participar do debate sobre os desafios da Saúde no ISC-Ufba. 

Bahianotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nunca diga para os outros, aquilo que não gostaria de ouvir