31 de outubro de 2016

Teste revela eficácia de 96% de injeção contraceptiva para homens

Teste revela eficácia de 96% de injeção contraceptiva para homens
Foto: Osnei Restio
Injeções que tornam os homens temporariamente inférteis apresentaram 96% de eficácia em testes de uso contínuo propostos durante pesquisa. Participaram dos testes 320 homens, com idade entre 18 e 45 anos, que mantinham relações monogâmicas pelo menos durante um ano. Inicialmente, segundo o jornal O Globo, foram realizados testes para garantir que os participantes apresentavam níveis normais de espermatozoides. Posteriormente, foram aplicadas duas injeções de hormônios a cada dois meses. Houve monitoramento até que o nível de espermatozoides reduzisse. A posologia foi mantida durante um ano. Após o término do tratamento, os cientistas mediram a velocidade com que os níveis de espermatozoides foram recuperados: 274 homens mantiveram os níveis baixos por pelo menos quatro meses. Apesar dos resultados positivos, a equipe avalia que é necessário trabalhar para aperfeiçoar o contraceptivo, principalmente com relação ao risco de efeitos colaterais moderados, como mudanças de humor e acnes. "É preciso mais pesquisa para avançar nesta descoberta, a ponto que ela possa ser largamente disponível aos homens como um método de contracepção. Apesar das injeções terem sido eficientes em reduzir a incidência da gravidez, a combinação de hormônios precisa ser melhor estudada para encontrarmos um bom equilíbrio entre a eficácia e a segurança", afirmou Mario Philip Reyes Festin, da Organização Mundial da Saúde e um dos autores da pesquisa.  
 
Bahianotícias

30 de outubro de 2016

Vacina contra HPV para homens vai ajudar a prevenir câncer nas mulheres


Vacina contra HPV para homens vai ajudar a prevenir câncer nas mulheres
Foto: Reprodução / O Barbeiro
Conhecida por proteger as mulheres do câncer de colo de útero, a vacina contra o vírus do papiloma humano (HPV), também será disponibilizada para os homens a partir de 2017. "A lesão maior, que é o câncer no colo do útero, é nas mulheres. Mas quem transmite o HPV é o homem", explica Cecília Roteli, membro da Comissão Nacional de Vacinas da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo), em entrevista ao Estado de S. Paulo. Nesse primeiro ano, a idade para imunização será entre 12 e 13 anos, mas até 2020, o objetivo é aumentar o grupo de 9 a 13 anos de idade. "Além das verrugas genitais, tanto nas mulheres quanto nos homens - lesões 'benignas', que não levam ao câncer - nos meninos ela vai proteger contra alguns tipos de câncer, como o de pênis ou da região anal", detalha Cecília.
 
Bahianotícias

27 de outubro de 2016

Expediente 28 de Outubro


Em razão do feriado do Servidor Publico, no dia 28 de outubro, não haverá expediente na AACES. Voltaremos no dia 31 no nosso horário normal.

Direção da AACES

Resultado de imagem para não haverá expediente

Defesa do Consumidor


Hoje já está pacificado pelo STJ de que se faz abusivo o contrato de empréstimo, de qualquer modalidade de operação financeira, que a taxa de juros praticada ultrapasse a Taxa Média de Mercado calculada pelo Banco Central. Portanto, mesmo aqueles empréstimos que já tenham sido pagos nos últimos cinco anos e os que ainda estão em andamento podem ser revisados. A depender do percentual de juros e a quantidade de parcelas já pagas, podemos recuperar de 10 a 30% do contrato.
Para solicitar o contrato, caso não o tenha, basta ligar para o 0800 do banco. Não esqueça de anotar o protocolo da ligação, com a respectiva data e horário. Se o contrato não tiver sido enviado depois do prazo assinalado pelo banco, traga o número do protocolo que solicitamos judicialmente e ainda buscamos a reparação dano moral pelo tempo perdido. Se ainda tiver dificuldades, nos contate.
Qualquer informação adicional ou outras demandas a respeito do Direito do Consumidor, nos contate.

Atendimento Jurídico acontece toda quarta-feira no qual o servidor necessita agendar com antecedência, através do numero 71 985377989


Resultado de imagem para atendimento juridico

Sindseps ameaça ir à Justiça para garantir reajuste dos servidores

  Por Rodrigo Daniel Silva | Fotos: Gilberto Junior//Bocão News
O coordenador administrativo do Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Salvador (Sindseps), Bruno Carianha, disse, na manhã desta quinta-feira (27), que a entidade estuda ir à Justiça para garantir o reajuste deste ano dos funcionários.
De acordo com ele, os servidores estão pedindo este ano apenas a correção da inflação, que está estimada em 10,7%. "Mas não querem abrir o diálogo com a gente. Há seis meses não falam nada. O prefeito tem sido intransigente, então, vamos ter que recorrer à Justiça", afirmou, em entrevista ao Bocão News.
Bruno Carianha disse ainda que espera um reajuste entre 20% e 25% no próximo ano para corrigir a inflação e ter um ganho real. "Queremos também que a prefeitura faça concurso e chame os aprovados em concursos anteriores", afirmou.
Segurança pública - O coordenador do Sindseps disse que o orçamento do próximo ano prevê um gasto de R$ 83 milhões para segurança pública na capital baiana. Para ele, é insuficiente. "Deste total, R$ 78 milhões serão gastos com folha de pessoal. Não vai ter recursos para investir. Isso mostra que não há prioridade nessa aérea", frisou.

 Bocão News

26 de outubro de 2016

Ministério da Saúde vai distribuir teste rápido de Zika produzido pela Bahiafarma

Ministério da Saúde vai distribuir teste rápido de Zika produzido pela Bahiafarma
Foto: Divulgação
O Ministério da Saúde anunciou, nesta terça-feira (25), a compra de 3,5 milhões de testes rápidos para identificar o vírus Zika. Os kits foram idealizados e serão produzidos pelo laboratório público Bahiafarma. A distribuição deve acontecer até fevereiro do próximo ano. A tecnologia confirma, em 20 minutos, se o paciente está ou já foi infectado pelo vírus Zika em algum momento da vida. O teste ofertado atualmente pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é o PCR (biologia molecular), que só detecta a doença quando o vírus está presente na corrente sanguínea. O Ministério da Saúde investiu R$ 119 milhões para a aquisição dos testes sorológicos. O teste será realizado em pessoas com indicação médica, sendo que as gestantes e crianças terão preferência. “Além de ser rápido, este é o primeiro teste de Zika que permite a detecção pregressa da infecção pelo vírus. Isso é muito importante para cuidar da população que mais precisa por isso a prioridade são as gestantes e as crianças”, declarou o ministro da Saúde, Ricardo Barros. O Brasil registrou, até 17 de setembro, 200.465 casos prováveis de Zika, o que representa uma taxa de incidência de 98,1 casos a cada 100 mil habitantes. Foram confirmados laboratorialmente, em 2016, três óbitos por vírus Zika no país. O Ministério da Saúde tornou compulsória a notificação dos casos de Zika em fevereiro deste ano.
 
Bahianotícias

Nota de Falecimento


É com muito pesar que comunicamos o falecimento do Senhor Antonio Veriano Melo pai do agente de saúde Antonio Veriano Junior, lotado no Distrito Sanitário de Cabula/Beiru. O sepultamento será às 11h, no Cemitério Quinta dos Lázaros  Baixa de Quintas.

Nos solidarizamos com os familiares e amigos e rogamos a Deus que conforte a todos.

Direção da AACES

25 de outubro de 2016

PEC do teto dos gastos deve ser votada em segundo turno nesta terça

PEC do teto dos gastos deve ser votada em segundo turno nesta terça
Foto: agên
A Proposta de Emenda à Constituição 241, que estabelece um teto para os gastos públicos, deve ser votada em segundo turno nesta terça-feira (25). A PEC foi aprovada em primeiro turno no último dia 11, mas, por ser emenda à Constituição, precisa ser aprovada por pelo menos 308 dos 513 dos deputados (3/5 da Câmara) em segundo turno antes de ir ao Senado. De acordo com o G1, o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ofereceu um jantar para parlamentares, a fim de garantir a margem de votos necessária para a aprovação, na noite desta segunda-feira (24). O presidente Michel Temer (PMDB), por outro lado, se reuniu com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), para discutir o rito da PEC no Senado. Na última semana, Renan discutiu a tramitação da PEC com líderes partidários e, pelo cronograma acertado no encontro, a proposta deverá ser votada pelo plenário em primeiro turno em 29 de novembro e em segundo turno em 13 de dezembro. 
 
Bahianotícias

24 de outubro de 2016

Para afastar mosquito da malária, cientistas planejam mudar 'sabor humano'; entenda


Para afastar mosquito da malária, cientistas planejam mudar 'sabor humano'; entenda
Foto: Reprodução / Thinkstock
De acordo com um estudo publicado pelo jornal Nature, o cérebro dos mosquitos faz associações não apenas com o cheiro, mas com o sabor dos humanos, o que possibilita a criação de uma preferência. Com essa descoberta, cientistas estão buscando novos métodos de repeli-los. "Todos os mosquitos, incluindo aquele que transmite a malária, usam o olfato para encontrar um hospedeiro e se alimentar de sangue. Nosso objetivo é permitir que os mosquitos nos contem que cheiro eles acham repugnante, para que possamos usar esse odor e fazer com que eles parem de nos morder", explica Christopher Potter, professor assistente de neurociência da Universidade Johns Hopkins.
 
Bahianotícias

22 de outubro de 2016

Ministro da Saúde admite que Brasil vive uma epidemia de sífilis

por Lígia Formenti | Estadão Conteúdo
Ministro da Saúde admite que Brasil vive uma epidemia de sífilis
Foto: Getty Images
O ministro da Saúde, Ricardo Barros, admitiu que o País vive uma epidemia de sífilis. "Os casos subiram em número significativo. Estamos tratando o problema como epidemia até para que resultados da redução sejam mais expressivos possíveis", disse o ministro, durante o anúncio de uma estratégia para combater a doença. O pacto, conforme o jornal O Estado de S. Paulo anunciou há duas semanas, pretende mobilizar profissionais de saúde e a sociedade para tentar reduzir o avanço da doença. Entre as medidas que serão adotadas está a ampliação de testes rápidos para diagnóstico da sífilis e o tratamento da doença em gestantes, até o primeiro trimestre da gestação. Números antecipados pelo Estado indicam que pelo menos 50% dos casos de sífilis em gestante são diagnosticados no terceiro trimestre de gestação, quando as chances de se proteger o bebê já são bem menores do que quando a terapia começa na primeira fase da gestação. Um dos braços do programa de enfrentamento prevê a realização de campanhas para que gestantes iniciem o pré-natal ainda no primeiro trimestre. De acordo com a diretora do programa de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde, Adele Benzaken, há ainda uma falsa ideia de que as mulheres devem esperar a barriga crescer para procurar o pré-natal.
 
Bahianotícias

21 de outubro de 2016

Fiocruz realiza testes de vacina contra dengue em Pernambuco

Fiocruz realiza testes de vacina contra dengue em Pernambuco
Fotos: Venilton Kuchler ANPr
Os testes em humanos da primeira vacina brasileira contra a dengue serão realizados em Pernambuco, sob coordenação da Os testes em humanos da primeira vacina brasileira contra a dengue. De acordo com anúncio feito nesta quinta-feira (20), na sede da instituição, cerca de 1,2 mil pessoas vão ser selecionadas para a terceira fase do estudo, que durará cinco anos. Essa etapa de testes envolve 17 mil voluntários em 13 cidades nas cinco regiões do Brasil. A Fiocruz informou, segundo a Agência Brasil, que os testes já estão em andamento em Manaus (AM), Boa Vista (RR), Porto Velho (RO), em três centros no estado de São Paulo, em Fortaleza (CE), Aracaju (SE), Porto Alegre (RS), Campo Grande (MS) e Cuiabá (MT). A vacina, desenvolvida pelo Instituto Butantan (SP), é feita do vírus vivo, mas enfraquecido. A intenção é que a substância proteja contra os quatro tipos do vírus da dengue. O objetivo dos testes é comprovar a eficácia da vacina. Para isso, dois terços dos participantes receberão a vacina, e o restante terá acesso a uma substância com as mesmas características da vacina, mas sem efeito – o chamado efeito placebo. Em Recife, o recrutamento dos voluntários ocorrerá por sorteio, no bairro de Engenho do Meio, zona oeste do Recife, que fica próximo ao centro de pesquisas. Poderão participar dos testes pessoas saudáveis, que tiveram ou não dengue, com idade entre 2 a 59 anos. Durante o estudo os selecionados serão acompanhados por uma equipe de saúde para verificar a duração da proteção oferecida pela vacina. Primeiro serão vacinadas pessoas com idade entre 18 e 59 anos, em seguida os que têm entre 7 e 17 e, por último, os de 2 a 6 anos. 
 
Bahianotícias

20 de outubro de 2016

Brasileiros criam teste capaz de diagnosticar 416 vírus de regiões tropicais


Brasileiros criam teste capaz de diagnosticar 416 vírus de regiões tropicais
Foto: PAHO/ WHO
Uma equipe de pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP), em Ribeirão Preto, desenvolveu uma plataforma capaz de diagnosticar 416 vírus encontrados nas regiões tropicais do planeta. De acordo com os criadores, a ferramenta poderá ser usada por centros de referência para realizar a vigilância epidemiológica de patógenos com potencial para causar epidemias em humanos. "Com a chegada do verão, deve aumentar o número de pacientes com suspeita de infecção por dengue, zika ou chikungunya. Mas, muitas vezes, o diagnóstico dessas doenças não é confirmado pelos métodos convencionais e ficamos sem saber quais vírus estão realmente circulando", afirmou o professor Victor Hugo Aquino, coordenador da pesquisa, à Agência Fapesp. Na avaliação do professor, se uma ferramenta como essa estivesse disponível na época em que o Zika começou a circular no Brasil, talvez tivesse sido possível restringir a infecção a seu foco original. "Demoramos para perceber que estava ocorrendo uma epidemia no país porque ninguém estava pensando em zika naquele momento", disse. Além dos patógenos que já causam impacto significativo na saúde pública brasileira, o teste abrange outros que, por enquanto, só foram detectados de forma esporádica, mas apresentam potencial para se tornarem epidêmicos.

Bahianotícias

19 de outubro de 2016

Texto da PEC segue para votação em segundo turno

por Isabela Bonfim | Estadão Conteúdo
Texto da PEC segue para votação em segundo turno
Foto: Lúcio Bernardo Jr/ Agência Câmara
A Comissão Especial que analisa a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241/2016, mais conhecida como PEC do Teto dos Gastos, aprovou na terça-feira (18) a redação final da proposta por 21 votos a 7. Agora, a matéria volta ao plenário da Câmara para votação em segundo turno. O objetivo da base do governo é votar a PEC a partir da próxima segunda-feira (24). Caso aprovada, a proposta segue para o Senado. A reunião da comissão só foi possível graças a uma manobra do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que suspendeu por uma hora a sessão em curso do Congresso para permitir que demais colegiados pudessem se reunir. A deputada Maria do Rosário (PT-RS) criticou a atitude Renan e disse que, com a aprovação da matéria, não haverá mais concursos públicos ou reajustes salariais, além de aumento nos repasses para saúde e educação. "Se votarem essa PEC, estão tirando a oportunidade dos filhos e filhas dos trabalhadores brasileiros." Deputado da base do governo, Sílvio Torres (PSDB-SP) disse que a oposição está tentando desvirtuar o objetivo da PEC. "A proposta não congela nenhum setor, não é uma PEC de congelamento de 20 anos, nem mesmo a 'PEC da Morte'. É a PEC da ressurreição para um País em estado terminal, praticamente morto", afirmou. 
 
Bahianotícias

18 de outubro de 2016

Nota de falecimento


É com muito pesar que comunicamos o falecimento da agente de saúde Vera Lúcia da Silva, lotada no Posto de Saúde Yolanda Pires, Distrito Sanitário de Cajazeiras. O sepultamento será às 15h, no Cemitério Bosque da Paz.
Nos solidarizamos com os familiares e amigos e rogamos a Deus que conforte a todos.

17 de outubro de 2016

Outubro Rosa: Detecção precoce.


O câncer de mama pode ser detectado em fases iniciais, em grande parte dos casos, aumentando assim as chances de tratamento e cura. Todas as mulheres, independentemente da idade, podem conhecer seu corpo para saber o que é e o que não é normal em suas mamas. A maior parte dos cânceres de mama é descoberta pelas próprias mulheres.
Além de estar atenta ao próprio corpo, também é recomendado que mulheres de 50 a 69 anos façam uma mamografia de rastreamento (quando não há sinais nem sintomas) a cada dois anos. Esse exame pode ajudar a identificar o câncer antes do surgimento dos sintomas.
Mamografia é uma radiografia das mamas feita por um equipamento de raios X chamado mamógrafo, capaz de identificar alterações suspeitas.
Mulheres com risco elevado para câncer de mama devem conversar com seu médico para avaliação do risco para decidir a conduta a ser adotada.

Mamografia de rastreamento e mamografia diagnóstica: qual a diferença?

No Brasil, a recomendação do Ministério da Saúde - assim como a da Organização Mundial da Saúde e a de outros países - é a realização da mamografia de rastreamento (quando não há sinais nem sintomas) em mulheres de 50 a 69 anos, uma vez a cada dois anos.
A mamografia de rastreamento pode ajudar a reduzir a mortalidade por câncer de mama, mas também expõe a mulher a alguns riscos. Conheça os principais benefícios e riscos desse exame:
Benefícios:
  • Encontrar o câncer no início e permitir um tratamento menos agressivo.
  • Menor chance de a paciente morrer por câncer de mama, em função do tratamento precoce.
Riscos:
  • Suspeita de câncer de mama. Isso requer outros exames, sem que se confirme a doença. Esse alarme falso (resultado falso positivo) gera ansiedade e estresse.
  • Câncer existente, mas resultado normal (resultado falso negativo). Esse erro gera falsa segurança à mulher.
  • Ser diagnosticada e submetida a tratamento, com cirurgia (retirada parcial ou total da mama), quimioterapia e/ou radioterapia, de um câncer que não ameaçaria a vida. Isso ocorre em virtude do crescimento lento de certos tipos de câncer de mama
  • Exposição aos Raios X. Raramente causa câncer, mas há um discreto aumento do risco quanto mais frequente é a exposição.

Mamografia diagnóstica

A mamografia diagnóstica, assim como outros exames complementares com finalidade de investigação de lesões suspeitas da mama, pode ser solicitada em qualquer idade, a critério médico. Ainda assim, a mamografia diagnóstica geralmente não é solicitada em mulheres jovens, pois nessa idade as mamas são mais densas, e o exame apresenta muitos resultados incorretos.

O SUS oferece exame de mamografia para todas as idades, quando há indicação médica.





Com crise econômica, poder de compra do brasileiro volta ao nível de 2011

por Renée Pereira | Estadão Conteúdo
Com crise econômica, poder de compra do brasileiro volta ao nível de 2011
Foto: Divulgação
O orçamento cada vez mais apertado trouxe novos hábitos para a vida da consultora de beleza Karen Lima Piasentim. Com a renda em queda, ela trocou o antigo hobby de comprar sapatos por uma nova mania: colecionar tabloides de liquidação e traçar estratégias para conseguir comprar ao menor preço possível. A ideia é mapear os trabalhos fora de casa e os supermercados que estão na mesma rota. "Assim, consigo comprar o produto mais barato e não gasto combustível", conta a consumidora, que também virou visitante assídua de sites de desconto. O malabarismo feito por Karen tem sido rotina para grande parte das famílias que viram os gastos extrapolarem a renda de 2014 pra cá. Em dois anos, o poder de compra da população brasileira - um cálculo que leva em conta a renda do mercado de trabalho, a renda da previdência, o crédito, os juros e a inflação - caiu de R$ 3,49 trilhões para R$ 3,17 trilhões, queda de 9,1% chegando ao menor patamar desde 2011, segundo a Tendências Consultoria Integrada. Na prática, significa dizer que a população está mais pobre, sem condições para aumentar consumo nem fazer poupança. Neste ano, segundo o economista João Morais, autor do levantamento, o principal limitador do poder de compra das famílias brasileiras foi o mercado de trabalho. Em dois anos, a taxa de desemprego do País saltou de 5% para 11,6%. Junta-se a isso o aumento dos juros e a escalada dos índices de preços ao consumidor, que corroeram a renda do brasileiro (algo em torno de 24% de 2014 pra cá). No dia a dia, o efeito desse conjunto de taxas e cifras é a sensação de que o mesmo salário não dá conta das mesmas despesas do passado. "Tivemos dois anos de inflação alta e reajustes salariais abaixo dos índices", lembra Morais. Para encaixar as despesas ao orçamento, os consumidores cortam quantidades, trocam marcas, eliminam produtos considerados não essenciais e mudam hábitos. Só neste ano, o consumo de combustíveis caiu 4,44%; o de energia elétrica, 1,25%; e a venda de veículos novos recuou 22,8%. "Temos percebido uma mudança no padrão de consumo dos brasileiros, que passaram a racionalizar até na alimentação", afirma Christine Pereira, diretora comercial da Kantar Worldpanel, que consulta 11,3 mil lares no Brasil inteiro. Segundo ela, esse movimento se reflete em marcas mais populares e no aumento das idas ao supermercado em busca de promoções. "As famílias estão fazendo malabarismo. Mesmo nas promoções, para comprar algum produto premium, só com uma marca mais popular", diz a executiva. Karen confirma a tese de Christine. "Antes tinha preconceito com algumas marcas. Hoje experimento coisas que não conheço." 
 
Bahianotícias

16 de outubro de 2016

Expediente 17 de outubro





Em razão do feriado dos comerciários, no dia 17 de outubro, não haverá expediente na AACES, pois o Edifício Fleming só funcionara no turno matutino. Voltaremos no dia 18 no nosso horário normal.



Resultado de imagem para comunicado

15 de outubro de 2016

Entidades médicas flexibilizam jejum de 12h para exames de colesterol


Entidades médicas flexibilizam jejum de 12h para exames de colesterol
Foto: MedBras
O hábito de marcar os exames de colesterol logo no começo da manhã, para evitar a fome e as filas, está prestes a mudar. A Sociedade Brasileira de Patologia Clínica e Medicina Laboratorial, a de Cardiologia e a de Análises Clínicas se posicionaram oficialmente contra a obrigatoriedade do jejum de 12h para exames de colesterol e triglicérides. As entidades, responsáveis por estabelecer diretrizes para os laboratórios médicos, pretendem formalizar o documento com a flexibilização do jejum em janeiro de 2017. "As sociedades fazem as recomendações, mas o médico deverá avaliar os casos em que pode ser necessário o jejum, de acordo com o estado metabólico do paciente", afirma Tania Martinez, coordenadora de Ações Sociais para a Aterosclerose da Sociedade Brasileira de Cardiologia. O jejum ainda será recomendado em situações específicas, por exemplo, quando o paciente possuir alta concentração de triglicerídios no sangue (acima de 440 mg/dL, sendo que o normal é de até 150 mg/dL). Também o jejum de oito horas continua necessário para o diagnóstico de diabetes em glicemia, apesar de existirem outros métodos para a realização do diagnóstico dessa doença. Em geral, porém, os laboratórios devem realizar a coleta de sangue independente do tempo de jejum. Segundo as entidades médicas, o exame deve refletir o estado metabólico cotidiano do paciente, em suas condições habituais de dieta. Alex Galoro, presidente da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica, afirma que a principal vantagem dessa nova recomendação é para o próprio paciente, que vai poder evitar o desconforto de fazer jejum por 12 horas. "Para o laboratório, as principais alterações vão ser na adequação do tipo de laudo e no fluxo do trabalho, que deve diminuir no período da manhã", diz. Galoro diz acreditar que menos de 10% dos pacientes precisará fazer jejum para o exame de triglicérides. O jejum, que já não era obrigatório para os exames de colesterol e de HDL (conhecido como 'colesterol bom'), era necessário para se verificar o nível de triglicerídios no sangue. "Como o cálculo do colesterol total e das frações era feito em conjunto, precisava-se medir o triglicérides para calcular as outras frações do colesterol", explica Carlos Eduardo Ferreira, coordenador médico do Hospital Israelita Albert Einstein. Com a evolução das técnicas laboratoriais, foi possível alterar o método, que verifica os riscos de doença cardíaca no paciente. "Faz quatro meses que o Albert Einstein já não exige o jejum de 12 horas para os exames de triglicérides", afirma Carlos. Com base em estudos internacionais, o médico conta que a equipe do hospital fez uma reunião interna e decidiu flexibilizar a exigência do jejum. "Muitos pacientes e médicos já não seguiam essa orientação. Agora as sociedades médicas decidiram oficializar essa prática, já que não existia razão para mantê-la", diz. Carlos também é diretor de ensino da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica e tem ajudado na elaboração das novas diretrizes de medicina laboratorial propostas pelas entidades brasileiras. Desde 2009, as sociedades médicas da Dinamarca não recomendam mais o jejum em testes laboratoriais de lipoproteínas, depois de realizarem exames em pacientes em momentos aleatórios do dia e não verificaram alterações nas análises. A Sociedade Europeia de Aterosclerose e a Federação Europeia de Química Clínica e Medicina Laboratorial publicaram este ano um estudo também confirmando que o jejum não interfere nos exames. Nos Estados Unidos, as sociedades médicas ainda discutem a regulamentação. Com o posicionamento das sociedades brasileiras, que ratificaram as diretrizes propostas pelas entidades internacionais, laboratórios no País já estão sofrendo alterações. Existem alguns, porém, de pequeno e médio porte que ainda não têm a tecnologia necessária para realizar os procedimentos indicados. "Há um número significativo desses laboratórios de menor porte, mas em volume de exames de colesterol e triglicérides, eles não representam tanto do que é feito no País", afirma Alex Galoro.
 
Bahianotícias

14 de outubro de 2016

Outubro Rosa: Sinais e sintomas





É importante que as mulheres observem suas mamas sempre que se sentirem confortáveis para tal (seja no banho, no momento da troca de roupa ou em outra situação do cotidiano), sem técnica específica, valorizando a descoberta casual de pequenas alterações mamárias.
Os principais sinais e sintomas do câncer de mama são:
  • Caroço (nódulo) fixo, endurecido e, geralmente, indolor;
  • Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja;
  • Alterações no bico do peito (mamilo);
  • Pequenos nódulos na região embaixo dos braços (axilas) ou no pescoço;
  • Saída espontânea de líquido dos mamilos
As mulheres devem procurar imediatamente um serviço para avaliação diagnóstica ao identificarem alterações persistentes nas mamas. No entanto, tais alterações podem não ser câncer de mama.





13 de outubro de 2016

Outubro Rosa: Como prevenir?

Cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados com a adoção de hábitos saudáveis como:
  • Praticar atividade física regularmente;
  • Alimentar-se de forma saudável;
  • Manter o peso corporal adequado;
  • Evitar o consumo de bebidas alcoólicas;
  • Amamentar

Parabéns ao delegado Genário Bispo


 
 
Hoje parabenizamos o delegado Genário Bispo pela passagem do seu aniversário. Que Deus abençoe sua vida e sua família, companheiro! Feliz aniversário!

Diretoria da Aaces

12 de outubro de 2016

Outubro Rosa: O que aumenta o Risco

O câncer de mama não tem somente uma causa. A idade é um dos mais importantes fatores de risco para a doença (cerca de quatro em cada cinco casos ocorrem após os 50 anos). Outros fatores que aumentam o risco da doença são:
Fatores ambientais e comportamentais:
  • Obesidade e sobrepeso após a menopausa;
  • Sedentarismo (não fazer exercícios);
  • Consumo de bebida alcoólica;
  • Exposição frequente a radiações ionizantes (Raios-X).
Fatores da história reprodutiva e hormonal
  • Primeira menstruação antes de 12 anos;
  • Não ter tido filhos;
  • Primeira gravidez após os 30 anos;
  • Não ter amamentado;
  • Parar de menstruar (menopausa) após os 55 anos;
  • Uso de contraceptivos hormonais (estrogênio-progesterona);
  • Ter feito reposição hormonal pós-menopausa, principalmente por mais de cinco anos.
Fatores genéticos e hereditários*
  • História familiar de câncer de ovário;
  • Casos de câncer de mama na família, principalmente antes dos 50 anos;
  • História familiar de câncer de mama em homens;
  • Alteração genética, especialmente nos genes BRCA1 e BRCA2.
*A mulher que possui um ou mais desses fatores genéticos/ hereditários é considerada com risco elevado para desenvolver câncer de mama.
Já o câncer de mama de caráter genético/hereditário corresponde a apenas 5% a 10% do total de casos da doença. Homens também podem ter câncer de mama, mas somente 1% do total de casos é diagnosticado em homens.
Atenção: a presença de um ou mais desses fatores de risco não significa que a mulher necessariamente terá a doença.

Feliz Dia das Crianças!

Resultado de imagem para homenagem às crianças para face

11 de outubro de 2016

Servidores ativos já podem realizar recadastramento

http://www.atualizacaocadastral.salvador.ba.gov.br/images/
Começou nesta terça-feira (11) a Atualização Cadastral Obrigatória de todos os servidores e empregados ativos da Prefeitura de Salvador.  O recadastramento, que está previsto no Decreto nº 27.766, publicado no Diário Oficial do Município, será realizado em duas fases, a online e a presencial, até o dia 16 de dezembro.  A ação desenvolvida pela Secretaria Municipal de Gestão (Semge) tem como finalidade validar o quadro de pessoal dos órgãos/entidades, assim como atualizar os dados cadastrais e funcionais.

Durante a primeira etapa online, o servidor/empregado deve conferir seus dados no site www.atualizacaocadastral.salvador.ba.gov.br/ até o dia 16 de novembro. Já a parte presencial só será necessária àqueles que tiverem dados incorretos nos seus cadastros. Para isso, o servidor deve comparecer ao Setor de Gestão de Pessoas (Segeps) da sua unidade, de 16 de outubro a 16 de dezembro, portanto os documentos comprobatórios.
Fonte AGECOM
http://www.comunicacao.salvador.ba.gov.br/index.php/todas-as-noticias/48640-servidores-ativos-ja-podem-realizar-recadastramento

Outubro Rosa: Câncer de mama

O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação de células anormais da mama, que formam um tumor. Há vários tipos de câncer de mama. Alguns tipos têm desenvolvimento rápido enquanto outros são mais lentos.
Para o Brasil, em 2016, são esperados 57.960 casos novos de câncer de mama. Tipo de câncer mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, depois do câncer de pele não melanoma, o câncer de mama responde por cerca de 25% dos casos novos a cada ano. Sem considerar os tumores de pele não melanoma, esse tipo de câncer é o mais frequente nas mulheres das Regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste.
Existe tratamento para câncer de mama, e o Ministério da Saúde oferece atendimento por meio do Sistema Único de Saúde, o SUS.

INCA - Ministério da Saúde.

10 de outubro de 2016

Prazo de recadastramento de servidores municipais começa nesta terça

Prazo de recadastramento de servidores municipais começa nesta terça
Foto: Reprodução / Google Street View
A Secretaria Municipal de Gestão (Semge) começa nesta semana a Atualização Cadastral Obrigatória dos servidores ativos e inativos (aposentados e pensionistas) de todos os órgãos e autarquias. A medida foi determinada por decreto assinado pelo prefeito ACM Neto nesta segunda-feira (10). O prazo para recadastramento inicia nesta terça (11) e encerra no dia 11 de novembro. Diferentemente da última atualização, realizada em 2013, o servidor poderá atualizar os dados pela internet, quando será emitido um comprovante de conclusão do procedimento. Caso seja necessário comprovar novos dados, o servidor deve, após fazer a etapa online, comparecer ao Setor de Gestão de Pessoas (Segep) do órgão de origem e levar os documentos solicitados. Esta fase será realizada entre os dias 12 de novembro e 16 de dezembro.  A primeira etapa, no caso de aposentados e pensionistas, pode ser feita presencialmente no Segep do órgão de origem. Terão atendimento especial os servidores que tenham restrições de locomoção, idade superior a 60 anos ou que estejam com problemas de saúde. O novo decreto estabelece outra mudança: a periodicidade de atualização dos dados passa a ser anual a partir de 1º de julho de 2017 e o servidor terá que fazer o recadastramento no mês de aniversário de nascimento. Quem descumprir o prazo terá o salário bloqueado até atualizar os dados presencialmente no órgão de origem.
 
Bahianotícias

Outubro Rosa: pesquisa do INCA revela importância de a mulher conhecer as próprias mamas

Levantamento inédito do INCA com pacientes do Instituto revelou que as próprias mulheres identificam, na maior parte dos casos, sinais e sintomas do câncer de mama, incluindo doença em estágio inicial e intermediário, quando as chances de sobrevida são maiores. Os dados da pesquisa foram divulgados quinta-feira, 6, durante o lançamento da campanha nacional que marca o Outubro Rosa 2016: “Câncer de mama: vamos falar sobre isso?", na sede do INCA, no Rio de Janeiro. A doença foi percebida pela primeira vez,em 66,2% dos casos, pelas próprias pacientes ao notarem alguma alteração na mama. O percentual de mulheres que identificou a doença por meio da mamografia ou de outro exame de imagem foi de 30,1%, enquanto em apenas 3,7% dos casos a suspeita inicial foi de um profissional de saúde. Ou seja, em dois terços do total, a própria mulher percebeu alterações na mama como possível sinal de um câncer de mama.
O estudo foi conduzido pela equipe do Núcleo de Pesquisa Epidemiológica da Divisão de Pesquisa Populacional do INCA com mulheres que procuraram pela primeira vez atendimento devido a um câncer de mama, entre junho de 2013 e outubro de 2014. Foram ouvidas 405 moradoras do Rio de Janeiro. “É importante que as mulheres notem as mensagens enviadas pelo próprio corpo para que a doença seja descoberta no início", disse a chefe da Divisão de Pesquisa Populacional do INCA, a médica epidemiologista Liz Almeida.
Essa percepção é reforçada por outra pesquisa que investigou a sobrevida das pacientes de câncer de mama do Instituto considerando o estádio (etapa de desenvolvimento) da doença no momento do diagnóstico. Essa segunda pesquisa foi realizada com a base de dados do Registro Hospitalar de Câncer do HC III, unidade do INCA especializada no tratamento do câncer de mama.
Foram considerados os casos de 12.847 pacientes matriculadas de 2000 a 2009 e residentes na cidade do Rio de Janeiro. Os pesquisadores mensuraram os percentuais de pacientes que permaneceram vivas (sobrevida) até cinco anos após o diagnóstico. A sobrevida em cinco anos, de acordo com o estádio da doença no início do tratamento foi de: 88,3% (estádio I), 78,5% (estádio II), 43% (estádio III) e 7,9% (estádio IV).
Liz Ameida acentuou a importância não apenas do diagnóstico, mas também da prevenção. “São cerca de 58 mil casos de câncer de mama por ano", disse ela. “Apenas com a manutenção do peso corporal adequado seria possível reduzir esse número em 10%". Ela comparou o enfretamento do câncer de mama a uma corrida de revezamento: a mulher recebe as mensagens do corpo, corre para o médico, tem serviço de apoio diagnóstico e depois segue para o centro de tratamento. “O tempo é precioso", frisou.
A sanitarista da Divisão de Detecção Precoce e Apoio à Organização de Redes do INCA, Mônica de Assis, lembrou que asDiretrizes para a Detecção do Câncer de Mama no Brasil foram atualizadas em 2015 e que mulheres e profissionais de saúde precisam conhecê-las. O documento centra-se, fundamentalmente, no rastreamento e no diagnóstico precoce. Segundo as novas diretrizes, a recomendação para a mamografia de rastreamento (quando são examinadas mulheres sem sinais nem sintomas da doença e sem nenhum outro fator de risco, por exemplo, histórico familiar), como política pública de saúde, é na faixa etária dos 50 aos 69 anos, quando o exame é mais efetivo.
As palestras de Liz Almeida e Mônica de Assis antecederam o debate “Câncer de mama: o que a mulher precisa saber?", que trouxe temas polêmicos ao público. O diretor-executivo do Instituto Avon, Lírio Cipriani, disse que sua organização apoia iniciativas de controle do câncer de mama, mas há muitas informações diferentes circulando. “Nós levamos informações para nossas 1,5 milhão de revendedoras, que conversam com outras mulheres, mas muitas organizações de saúde não têm informações alinhadas, e eu fico assustado com isso", confessou.
A presidente da Fundação Laço Rosa, Marcelle Medeiros, citou pesquisa do Datafolha dando conta que, no Rio de Janeiro, o tempo médio entre a suspeita e o fechamento de diagnóstico de câncer de mama leva nove meses. “O tempo é crucial para o tratamento. Falta política pública", denunciou.
“Acho que é preciso ter muito cuidado ao colocar sobre a mulher a responsabilidade de descobrir um câncer", ponderou Lílian Marinho, representante da Rede Feminista de Direitos Sexuais e Reprodutivos. Para ela, a maioria das mulheres não consegue lidar com tantas informações. “Também é preciso discutir a questão do acesso e das mulheres que não estão sendo assistidas." Para Graciela Pagliaro, médica da Atenção Básica e integrante da Rede de Educação Popular em Saúde, as dificuldades de acesso refletem as próprias desigualdades regionais e inter-regionais. Ela também concorda que há o risco de o excesso de informação sobre o câncer de mama mais confundir do que esclarecer: “Ainda há profissionais que recomendam o autoexame".
Essa situação com o profissional preocupa a médica do Serviço de Mastologia do Hospital do Câncer III do INCA A diretora-geral Ana Cristina PinhoElizete Martins. Ela chamou atenção para um dado da pesquisa sobre a primeira percepção do câncer de mama (o de que apenas 3,7% das mulheres entrevistadas tenham sido alertadas em um exame clínico na detecção de suspeitas). “Esse dado é impressionante", disse, indicando que o profissional também precisa de capacitação. Mais do que isso: como a questão da informação, da escolaridade e do nível de renda são variáveis relevantes no acesso ao tratamento e no cuidado de si, a médica sugere que, por exemplo, ações como corridas contra o câncer de mama “saiam do Aterro do Flamengo [na nobre Zona Sul carioca] e vão para a Pavuna [no subúrbio da cidade]." Por isso mesmo, os palestrantes defenderam a necessidade de fortalecimento do SUS.
O debate foi mediado pela jornalista Flávia Junqueira, do jornal Extra, que promoveu o debate junto com o INCA. A diretora-geral do Instituto, Ana Cristina Pinho, fez a abertura do evento. Recém-empossada, ela ressaltou a importância da discussão sobre o câncer de mama e disse ser simbólico que em pleno Outubro Rosa aquela tenha sido a primeira cerimônia oficial, para fora dos muros do Instituto, da primeira mulher a ocupar a Direção-Geral do INCA. “Defendemos aqui que a mulher seja senhora e dona absoluta de seu corpo", enfatizou.

Fonte: INCA

7 de outubro de 2016

Oposição vai ao STF para suspender tramitação da PEC do teto de gastos

por Julia Lindner e Rafael Moraes Moura | Estadão Conteúdo
Oposição vai ao STF para suspender tramitação da PEC do teto de gastos
Foto: Antônio Augusto / Câmara dos Deputados
Parlamentares do PT e do PCdoB protocolaram nesta sexta-feira (7) um mandado de segurança, com pedido de liminar, no Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo a suspensão da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) do teto de gastos públicos. Considerada prioridade do presidente Michel Temer, o projeto foi aprovado na quinta-feira, 6, na Comissão Especial da Câmara dos Deputados e deve ser apreciado na próxima segunda (10) pelo plenário da Casa. A PEC limita as despesas do governo federal aos gastos do ano anterior, mais a variação da inflação. A medida é contra o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que, segundo os parlamentares, estaria impedido de colocar o projeto na pauta de votações por ser coautor do texto, e, portanto, ser parte interessada. Como Maia foi responsável por permitir a análise da PEC na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e determinar a instalação da Comissão Especial que aprovou o relatório do projeto, os deputados afirmam que houve "ilegalidade e abuso de poder" na tramitação da proposta na Casa. Na ação, os parlamentares também argumentam que a proposta, se aprovada, vai restringir o poder do Legislativo e do Judiciário para aumentar seus orçamentos. O pedido aponta limitação "ao exercício de atribuições e competência dos Poderes da República" e "restrição da liberdade" dos deputados federais que se elegerão no futuro para deliberar sobre a destinação dos recursos públicos, na votação das leis orçamentárias anuais, inclusive para concessão de aumento a servidores públicos. "Ao retirar, ou ao limitar a competência constitucional dos Tribunais, do Ministério Público da União e da Defensoria Pública da União, e especialmente das próximas legislaturas das Casas Legislativas do Congresso Nacional, a PEC 241/2016 projeta para o cenário normativo nacional grave restrição, que por fragilizar a relação dos Poderes Legislativo e Judiciário perante a condução administrativa que o Poder Executivo implementará tende a abolir aspecto central da atividade legislativa, qual seja aferir e deliberar sobre a projeção de receitas e a previsão de despesas da União", diz a peça. Os deputados alegam que o projeto pretende "afastar a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) como ato normativo balizador para a elaboração dos orçamentos dos demais órgãos". "Ao afastar a discussão que o Poder Legislativo tem anualmente sobre as diretrizes que entenda cabível para a elaboração do orçamento geral da União, a sistemática do sugerido Novo Regime Fiscal concebido pelo Poder Executivo passa a ser a referência, privando-se os representantes do titular do poder, o povo, do exercício constitucional de apreciação e deliberação sobre quais e em quais valores as despesas da União devem ser previstas", dizem. No STF, o mandado de segurança foi encaminhado por sorteio para análise do ministro Luís Roberto Barroso. Caberá a ele, como relator, examinar também um pedido de liminar para suspender ou não a tramitação da PEC. Assinam a peça os deputados Jandira Feghali (PCdoB-RJ), Luciana Santos (PCdoB-PE), Daniel Almeida (PCdoB-BA), Afonso Florence (PT-BA), Angela Albino (PCdoB-SC), Jô Moraes (PCdoB-MG), Francisco Lopes (PCdoB-CE) e Alice Portugal (PCdoB-BA).
 
Bahianotícias

5 de outubro de 2016

Outubro Rosa



Resultado de imagem para outubro rosa
Outubro já é conhecido como o mês da luta contra o câncer de mama. Criado no início da década de 90 pela Fundação Susan G. Komen for the Cure, várias entidades no mundo integram as comemorações do Outubro Rosa, realizando ações de mobilização para o diagnóstico precoce da doença.
Desde 2010 o governo brasileiro, por meio do Ministério da Saúde e do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA), passou a integrar essa mobilização.
Um em cada três casos de câncer pode ser curado se for descoberto logo no início. Por isso, é preciso desfazer crenças sobre o câncer, para que a doença deixe de ser vista como uma sentença de morte ou um mal incurável e inevitável. Alguns tipos de câncer, entre eles o de mama, apresentam sintomas e sinais em suas fases iniciais. Descobertos cedo podem ser tratados a tempo. A detecção precoce ajuda a reduzir a mortalidade e traz melhores resultados no tratamento de alguns tipos de câncer.
O câncer de mama é o tipo de câncer que mais acomete as mulheres em todo o mundo, tanto em países em desenvolvimento quanto em países desenvolvidos, e representa cerca de 25% de todos os tipos de câncer diagnosticados nas mulheres. Este é câncer mais comum entre as brasileiras, com exceção do câncer de pele não melanoma.
Não há uma causa única para câncer de mama. Diversos são os fatores que estão relacionados à doença, como: envelhecimento, determinantes relacionados à vida reprodutiva da mulher, história familiar de câncer de mama, consumo de álcool, excesso de peso, sedentarismo e exposição à radiação.
Prática de atividade física e alimentação saudável, com a manutenção do peso corporal, estão associadas a um menor risco de desenvolver a doença: cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados quando são adotados esses hábitos. A amamentação também é considerada um fator protetor.
Os principais sinais e sintomas do câncer de mama são:
  • caroço (nódulo) fixo, geralmente indolor;
  • pele da mama avermelhada ou parecida com casca de laranja;
  • surgimento de alterações no bico do peito (mamilo)
  • saída espontânea de líquido dos mamilos.
  • Também podem aparecer pequenos nódulos no pescoço ou na região embaixo dos braços (axilas).
Mulheres com risco elevado para câncer de mama são aquelas que:
  • Tiveram caso na família de câncer de mama masculino;
  • Tem parente de primeiro grau, como mãe, irmã e filha, que tiveram câncer de mama antes dos 50 anos;
  • Tem parente com câncer de mama bilateral (nas duas mamas) ou no ovário, em qualquer idade.
É importante que as mulheres, independentemente da idade, conheçam seu corpo para saber o que não é normal em suas mamas. Ao identificarem alterações suspeitas, devem procurar imediatamente um serviço de saúde para avaliação profissional.
Além de estarem atentas ao próprio corpo, também é recomendado que as mulheres entre 50 e 69 anos façam mamografia a cada dois anos. A mamografia pode ajudar a identificar o câncer antes de a pessoa ter sintomas.

4 de outubro de 2016

No Dia dos Agentes de Saúde, Temer veta benefícios à categoria

  Hoje, dia 4 de outubro, comemora-se o Dia dos Agentes de Saúde.  São trabalhadores que, com muito sacrifício, dedicam-se na prevenção às doenças que acometem número significativo da população brasileira. Doenças como o diabetes, a hipertensão, a dengue, a chikungunya , a zika se não tivessem o controle realizado por esses profissionais, certamente causariam um dano catastrófico na já deficiente saúde pública do nosso país. Por isso mesmo, merecerem  reconhecimento e homenagens neste dia em que os celebramos.

Infelizmente, a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) não comunga desse pensamento, da mesma forma o governo federal. Sem nenhum compromisso com os agentes de combate às endemias (ACEs) e com os agentes comunitários de saúde (ACSs), o presidente Temer vetou os artigos do PL1628, que beneficiavam os trabalhadores com  direito à aposentadoria especial,  à insalubridade, à prioridade ao Programa Minha Casa Minha Vida e ao custeio de cursos de aperfeiçoamento com recursos da União, para atender aos interesses dos prefeitos, representados pela CNM. O único artigo mantido foi o que reconhece o tempo de serviço dos agentes de saúde para efeito de contribuição previdenciária.

Isso é prova cabal de que este governo ilegítimo é contra os trabalhadores e fará de tudo para acabar ou restringir seus direitos. Temer aprova a Lei 13.342 feito um cavalo de Troia  dado de presente aos ACSs e ACEs para comemorarem o seu dia.

 

ACM Neto aparece como um dos prefeitos mais ricos do país

ACM Neto, reeleito prefeito de Salvador, tem fortuna estima em quase R$ 28 milhões - Foto: Fernando Amorim | Ag. A TARDE
As eleições pelo Brasil revelaram que alguns dos prefeitos eleitos no primeiro do turno não só conquistaram os eleitores, como também estão no topo como milionários.
ACM Neto, reeleito com 73,99% em Salvador, aparece como o terceiro mais rico, com uma fatura de R$ 27.886.721,62, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
O primeiro colocado é Vittorio Medioli (PHS), de Betim, em Minas Gerais. Ele declarou bens no valor total de R$ 352.572.936,23, seguido do prefeito eleito de São Paulo, João Doria (PSDB), com R$ 179.765.700,69.
Segundo levantamento feito pelo G1 nacional, os estados com os prefeitos eleitos mais ricos São Paulo e Minas Gerais. O primeiro com milionários 11 e segundo, com quatro. O levantamento analisa só as cidades com mais de 200 mil eleitores.
Ainda mais 30 candidatos milionários podem chegar o poder no dia 30 deste mês, quando ocorrerá o segundo turno das eleições. Alguns deles são: Udo Dohler (PMDB), em Joinville (SC), com R$ 11.375.509,62; Dr. Hildon (PSDB), em Porto Velho (RO), com R$ 11.261.219,90; Raul (PV), em Bauru (SP), com R$ 5.501.714,06; e Sidnei Rocha (PSDB), em Franca (SP), com R$ 4.731.357,23.
http://atarde.uol.com.br

1 de outubro de 2016

ACM Neto é favorito mas Alice pode surpreender

Eleições 2016
Neto vai hastear a bandeira de Salvador; Alice participará do Grito dos Excluídos - Foto: Joá Souza l Ag. A TARDE l 17.12.2014 e Margarida Neide l Ag. A TARDE l 22.8.2016


O resultado das urnas que será conhecido na noite desse domingo, 2, responderá a pergunta de quem perdeu e quem ganhou com uma das maiores crises político-econômicas da história do Brasil, desfechada em agosto com o impeachment da presidente Dilma Rousseff, o enfraquecimento do PT e ascensão do grupo político do presidente Michel Temer.

Em Salvador, os eleitores vão avaliar não só a primeira gestão do prefeito ACM Neto (DEM), que busca a reeleição, como a continuação do projeto petista personificado na candidata Alice Portugal (PCdoB) apoiada pelo governador Rui Costa (PT).
As pesquisas de intenção de votos deram ampla vantagem a Neto ao longo da campanha. O demista focou a discussão municipal nos seus programas de rádio e televisão, apesar de apoiar o governo Temer.

Alice procurou nacionalizar o debate. Tentou colar a pecha de "golpista" no prefeito, associando-o ao grupo que tocou o processo de afastamento de Dilma no Congresso. E, mesmo com o desgaste do PT - com a rejeição do governo Dilma, o indiciamento do ex-presidente Lula na Operação Lava Jato e a rotina de prisões de dirigentes e ex-ministros de governos petistas - usou as imagens das lideranças nacionais ostensivamente em sua campanha.

A caminhada, seguida de comício de Dilma, reuniu cerca de 80 mil pessoas no centro de Salvador em favor da candidatura de Alice, cujos estrategistas dispunham de pesquisas indicando que Dilma e Lula ainda têm popularidade em Salvador e o presidente Temer, grande rejeição. As urnas dirão se acertou no tom.
Os eleitores também responderão se foi correta a estratégia do governador Rui Costa de lançar três candidaturas no primeiro turno (além de Alice, Pastor Isidório do PDT e Cláudio Silva do PP) para tentar pulverizar os votos e levar a eleição para o segundo turno.
As sondagens de intenção de voto mostraram que a pulverização não funcionou pelo grande percentual de votos consolidados no candidato ACM Neto. Na pesquisa espontânea, quando os candidatos não são citados, o prefeito ficou na faixa dos 60%/65%, abrindo distância confortável para os adversários.

Isso foi confirmado pela pesquisa Babesp (conhecido como DataNilo)/Bahianotícias, divulgada sexta, onde Neto marcou 66,7% de intenções de votos e Alice 9,9%. A soma dos adversários do prefeito chegou a parcos 20%, insuficientes para levar a decisão ao segundo turno.

Pesquisas
Pesquisas têm errado na Bahia nas eleições passadas de governador. É famoso o levantamento do Ibope da eleição de 2006 que dava a vitória de Paulo Souto no primeiro turno. Quem ganhou foi Jaques Wagner no primeiro turno. No pleito de 2014, Souto também estava na frente e Rui venceu também no primeiro turno.

Ocorre que uma sondagem em Salvador tem mais probabilidade de parecer com o resultado das urnas por ser um ambiente mais homogêneo, diferentemente de uma aferição num estado grande como a Bahia, com regiões de populações bem diferentes.

Mesmo assim, o Ibope também errou na última pesquisa do primeiro turno, publicada na véspera da eleição de prefeito em Salvador, em 2012. Considerando apenas os votos válidos indicou que Nelson Pelegrino (PT) fecharia o primeiro turno com 43%  e  ACM Neto (DEM) com 37%.
As urnas indicaram o contrário, Neto ficou com 40% dos votos válidos e Pelegrino 39%. Os dois foram para o 2º turno e Neto venceu com 53% por 46% de Pelegrino. Por essa razão recomenda-se colocar as barbas de molho.

Cenário
Ocorre que o cenário é favorável a ACM Neto na maioria dos quesitos. Tem a gestão aprovada pela maioria da população, foi o candidato que recebeu mais recursos, sabe usar muito bem as redes sociais para divulgar suas realizações de governo e os eventos de campanha e surfa numa certa onda que o projeta como candidato a governador em 2018, tendo sido requisitado a comparecer a vários municípios do interior para ajudar aliados locais.

A candidatura de Alice enfrentou problemas desde o início. Rui preferia que a candidata fosse Olívia Santana, secretária estadual e militante do movimento negro. Foi convencido que a candidata deveria ser mesmo Alice, mas o processo demorou muito.

Também teve dificuldades para captar recursos. A candidatura sofre ainda com o desgaste do aliado PT que, pelas pesquisas só deve eleger o prefeito de uma capital. A verificar o que as urnas reservam para o PT na Bahia e no Brasil.
A tarde oline