16 de agosto de 2017

ATENÇÃO ACS e ACE de Salvador: Você fez o seu calculo se tivéssemos aceitando a incorporação em 2014?



Vamos ficar atentos, e ter muito cuidado, porque  já tem gente dizendo que é contra o nosso PCV, antes mesmo de ver, principalmente aqueles que no passado confundiu a categoria pela escolha errada, não se deixe enganar, a AACES mostra a verdade, só para exemplificar, as mesmas pessoas que estão sendo contra ao plano de cargos específicos dos agentes de saúde, são os mesmos que em 2014 insuflaram a categoria a não aceitar a proposta que elevaria nosso base á R$ 1,014,00 e incorporando 20% da nossa gratificação que não é tributada ou seja não levamos para aposentadoria ou para qualquer tipo de licença, hoje temos 107.5% de gratificação, na época se a categoria tivesse aceitado ficaríamos com 87.5%, faça você mesmo seu e calculo a partir do exemplo abaixo e compare, levando em conta  a diferença entre retirar e incorporar. 



Para entender melhor 

A PROPOSTA de 2014: Que a AACES foi a favor mais foi vencida em assembleia no campo grande.

Nosso base ficaria R$ 1.014,00 + 87.5% considerando que o nosso salario ficasse congelado de 2014 até hoje, estaríamos recebendo atualmente =  R$ 1.901.25, sem auxilio refeição e transporte.

Hoje estamos com um salário base de R$ 788.00 + 107.5% =  R$ 1.635,10, sem auxilio refeição e transporte.

TRADUZINDO, quando diminuímos R$ 1.901,25 - R$ 1.635,10 = R$ 266.15 é o que estamos acumulando mensalmente em prejuizo, isso ficar pior, quando multiplicamos por 3 anos de 2014 até 2017, igual a 36 mais 3 parcelas do decimo terceiro, totalizando 39 meses, 

39 X  R$ 266.15 =  R$ 10.379.85 ou seja alguns pseudos sindicalistas incentivaram a categoria por uma escolha  errada no passado e agora querem fazer o mesmo com o nosso PCV, por conta disso deixamos de  ganhar R$ 266.15  por mês, ao longo de 3 anos mais de 10 mil reais.

Por isso colega, sua associação que tem uma historia de lutas e conquistas como foi no concurso, no retorno da insalubridade, na mudança de regime, na implantação do horário ininterrupto, esteve, está e sempre estará do seu lado, AGORA É A VEZ DO PLANO DE CARGOS DOS AGENTES DE SAÚDE, e não se deixe enganar, com lobos em pele de cardeiros, a luta continua,  em breve marcaremos nossa assembleia apenas com ACS e ACE,s. 

 Matemática é uma ciência exata, por isso faça você mesmo sua conta, e tire suas próprias conclusões sobre incorporação de gratificação.

Direção da AACES



14 de agosto de 2017

AACES tem outra rodada de negociação, desistir nunca persistir sempre


A AACES preocupada com extensão da campanha salarial 2017, onde Agosto se arrasta e Setembro se aproxima, a nova diretoria da entidade se reuniu hoje 14/08 com o secretário da SEMGE Thiago Dantas cobrando a nomeação dos membros da comissão de acompanhamento da criação do PCV, onde o gestor informou que vai entrar em contato com outras entidades e o secretário de saúde para elas indicarem seus nomes, e assim que for enviado, publicará o grupo de trabalho no diário oficial e dar inicio a construção do PCV dos agentes de saúde, Thiago Dantas adiantou que a prefeitura está pensando  em criar o esqueleto começando o nível 1 em R$ 1,014,00, as demais formatações do PCV ele disse que só poderá adiantar quando começar as discussões do plano.




Sobre a campanha salarial 2017, o titular da pasta reafirmou que a unica proposta da prefeitura é os 5.5% do avanço de nível, mostramos que a nossa categoria tem verba própria, diferente dos outros servidores, mas o secretario foi enfático em dizer que neste ano, esse é o limite da prefeitura, e que as discussões sobre nossa matriz salarial continuará com a criação do Plano de Cargos e Vencimentos. 

Direção da AACES




Palestra em homenagem ao dia dos pais

A AACES realizara em homenagem ao Dia dos pais Palestra com o núcleo psicológico sobre o valores da família com o subtema O desafio de educar os filhos na sociedade atual a palestra acontecerá no dia 25 de agosto de 2017 ás 14 horas na Rua do Salete n 54 ao lado da faculdade Cairu Barris.

A inscrição poderá ser realizada através do numero 35613599 informando nome e matricula

Os agentes de saúde inscritos para palestra poderão também aferir a pressão e verificar a glicemia durante o evento.


Audiências Marcadas

Comunicamos aos agentes de saúde que entraram com ação na justiça que as audiências estão marcadas. Sendo assim, confiram a lista abaixo. Se constar o nome, favor entrar imediatamente em contato pelo telefone (71)3561-3599 para maiores informações.

01/09/17 13:30 LENE DA HORA DE SANTANNA
01/09/17 08:25 SHEILA MORAES DE OLIVEIRA
01/09/17 14:00 MIRTES PEREIRA BATISTA
01/09/17 14:00 MARIA AUXILIADORA BARBOSA CAJUI CAMPOS
01/09/17 13:30 SILVANETE GOMES ALVES SANTOS
01/09/17 11:25 TAISE SANTOS FRANCA
04/09/17 08:55 SILVIA DE JESUS DOS SANTOS RODRIGUES
04/09/17 14:30 SILVONEI SAO JOSE DOS SANTOS
04/09/17 15:00 VERA LUCIA PINTO
04/09/17 15:00 VALDEMIRO DOS SANTOS E SANTOS
04/09/17 10:55 WASHINGTON OLIVEIRA SANTOS
05/09/17 14:00 SIMONE AUGUSTO NASCIMENTO
11/09/17 16:45 MARIA MARCIA DOS SANTOS


Prefeitura iniciou o recadastramento de servidores ativos e inativos dia 1º

Para os Servidores e empregados públicos em atividade, o Recadastramento Obrigatório será realizado exclusivamente pelo site www.recadastramento.salvador.ba.gov.br, durante todo o mês do seu aniversário. Caso haja alguma divergência nos dados, o servidor publico deve se dirigir ao Setor de Gestão de Pessoas (Segep) da secretaria ou do órgão onde trabalha. Já os aposentados e pensionistas deverão comparecer á Diretoria de Previdência, na Avenida Joana Angelica, nº 39 Edf. José Rocha, em Nazaré, também no mês do aniversario. O beneficiário irá receber em casa todas as instruções sobre a documentação que vai precisar apresentar durante o período do recadastramento Obrigatório. Vale ressaltar que serão adotados procedimentos especiais para os servidores aposentados e pensionistas que tiverem restrições de locomoção, que estejam com problemas de saúde ou possuam idade superior a 60 anos

Agente de saúde recebe ‘troféu Benedita da Silva’ por pesquisa sobre anemia falciforme

http://www.fortenoreconcavo.com.br/2017/04/saiba-um-pouco-mais-sobre-clarividencia.html
A macedense, agente comunitária de saúde e graduada em Geografia, Antônia Ferreira, recebeu na manhã desta sexta-feira, na Assembleia Legislativa da Bahia, o Troféu Benedita da Silva – Pérola Negra. O prêmio é o reconhecimento do trabalho de Antônia no mapeamento realizado em sua graduação e
pós-graduação sobre pessoas com anemia falciforme no município de Dom Macedo Costa. A anemia falciforme é uma patologia hereditária que acomete principalmente os afrodescendentes. O prêmio Benedita da Silva foi criado em 2011 para homenagear mulheres negras que se destacam em várias áreas, como forma de resistência ao racismo. O trabalho de Antônia, após indicação feita pelo prefeito Egnaldo Piton, foi selecionado entre várias outras propostas na Bahia, que culminaram na escolha de 20 mulheres premiadas hoje. O convite foi feito pelo Deputado Estadual Bira Corôa, que junto a outras autoridades, esteve do lado do prefeito Egnaldo Piton no evento. A cerimônia contou também com a presença da Deputada Federal pelo Rio de Janeiro, Benedita da Silva. Dom Macedo Costa. Valorizamos nossa gente. Construímos Cidadania.

13 de agosto de 2017

Salário de servidor será congelado, e governo prevê poupar R$ 9,8 bilhões




















Com a revisão da meta de deficit deste ano e de 2018 praticamente definida, a equipe econômica prepara medidas para cortar gastos e aumentar receitas.
 
Pelo lado dos gastos, o governo congelará salários de servidores em 2018 para economizar R$ 9,8 bilhões.
 
Serão atingidos professores, militares, policiais, auditores da Receita Federal, peritos do INSS, diplomatas e oficiais de chancelaria e carreiras jurídicas. Outras categorias poderão ser incluídas.
 
Além disso, o salário inicial de novos servidores ficará restrito a R$ 5.000 e haverá corte de benefícios como auxílio-moradia e ajuda de custo em casos de remoção.
 
Embora tenha desistido de aumentar o Imposto de Renda, benefícios tributários devem ser revistos para melhorar a arrecadação.
 
O Ministério do Planejamento espera o envio da nova proposta de reoneração da folha de pagamento para o Congresso. A medida provisória que tratava do assunto enfrentou resistência, iria perder a validade nesta semana, e o governo decidiu revogar o texto para que o tributo referente a julho não fosse cobrado das empresas.
 
Outra aposta é o Refis. A equipe econômica aposta em reverter as mudanças feitas por comissão da Câmara, que alterou a medida provisória e concedeu mais benefícios do que o planejado.
 
A previsão era obter R$ 13,8 bilhões, mas só entraram R$ 3,5 bilhões, e o prazo de adesão vence em 31 de agosto.
 
Sem esses recursos, a conta não fecha e ficará difícil cumprir as metas de deficit que devem ser anunciadas na segunda-feira (14). Para 2017, a meta passará de R$ 139 bilhões para R$ 159 bilhões. Para 2018, de R$ 129 bilhões também para R$ 159 bilhões.
 
A pressa para a revisão se deve à necessidade de envio ao Congresso de propostas para alterar a Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2018 antes do fim do mês. Somente depois de aprovada a mudança, o Executivo poderá enviar a proposta de Orçamento do ano que vem.
 
Outro problema será buscar receitas para o desbloqueio de R$ 5 bilhões neste ano. Sem esse recurso, serviços essenciais da administração federal podem parar a partir de setembro: cobranças de dívidas ou emissões de documentos poderiam ficar comprometidas, por exemplo.
 
A Fazenda está em alerta monitorando as receitas de tributos de agosto para avaliar se a queda de julho, que surpreendeu com uma frustração de cerca de R$ 5 bilhões, será mantida —o que exigiria medidas drásticas. 
Fonte; Bocão News

12 de agosto de 2017

Delator acusa ministro da Saúde de exigir propina para cunhado


Uma delação, fora da Lava Jato e à espera de homologação, vai complicar Ricardo Barros. De acordo com a coluna Radar, da revista Veja, o dono da Construtora Valor, Eduardo de Souza conta que pagou propina a um cunhado do ministro, por exigência de Barros.

11 de agosto de 2017

11 de agosto: Dia do Advogado

A direção da AACES parabeniza a todos os advogados e agradece aos nossos advogados pelo comprometimento e dedicação com a entidade e os nossos associados.

MONCORVO & SILVA ADVOCACIA E CONSULTORIA JURIDICA

Resultado de imagem para escritorio moncorvo & silva
* Entre em contato com a AACES  conheça as condições para utilizar este convênio. O agendamento prévio deve ser realizado somente através do numero 3561-3599 a partir das 14h


ANDRÉ ARRUDA ADVOGADOS & CONSULTORES




* Entre em contato com a AACES  conheça as condições para utilizar este convênio. O agendamento prévio deve ser realizado somente através do numero 3561-3599 a partir das 14h



BIANCA SANTOS ADVOCACIA & CONSULTORIA

Imagem relacionada
Entre em contato com a AACES  conheça as condições para utilizar este convênio. O agendamento prévio deve ser realizado somente através do numero 3561-3599 a partir das 14h





SINVALDO TODÃO DA SILVA - ADVOGADO




Imagem relacionada*Entre em contato com a AACES  conheça as condições para utilizar este convênio. O agendamento prévio deve ser realizado somente através do numero 3561-3599 a partir das 14h

10 de agosto de 2017

ATENÇÃO: SSP investiga divulgação de mentiras sobre o Governo do Estado no WhatsApp



O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Comunicação (Secom), alerta a sociedade sobre a divulgação de notícias mentirosas a respeito da administração estadual e do governador Rui Costa pelo WhatsApp e pelas redes sociais.

A Secom informa que a Secretaria de Segurança Publica (SSP) já está investigando a autoria dessas ações virtuais que visam disseminar informações falsas e confundir os servidores públicos e a população de um modo geral. 

Os criminosos utilizam informações inverídicas e, em algumas situações, se apropriam das marcas do Governo do Estado na tentativa de assegurar credibilidade ao conteúdo falso. Todas as informações sobre as ações do Governo podem ser checadas no site da Secom (www.secom.ba.gov.br).

Agente de saúde defende agente de saúde, não faça força para ninguém ficar vermelho

Em 2010 todos os servidores da saúde do município de Salvador tiveram seu PCV Plano de Cargos e Vencimentos, com exceção dos ACS e ACE,s que entraram em 2012, sem um reajuste em sua matriz salarial, por isso amargamos até hoje um salario base sempre abaixo do minimo, em 2014 foi aprovado o PCV de todos os outros servidores, e todos tiveram sua matriz salarial reajustada, por exemplo teve servidor que passou de R$ 850,00 para R$ 1.350,00 o salario base.

Por isso esse ano é a vez do nosso, é de conhecimento de todos que quem enchem ás assembleias gerais são os ACS e ACE,s, por isso vamos fazer assembleias apenas especificas com agentes de saúde, não dar mais para uns fazerem força e outros ficarem vermelhos, e depois sair na imprensa que foi assembleia dos servidores públicos de Salvador, quando na verdade entre 500 trabalhadores presentes nas assembleias gerais, 450 são ACS e ACE,s e apenas 50 de outras categorias.



Vamos ficar atentos, e ter muito cuidado, porque  já tem gente dizendo que é contra o nosso PCV, antes mesmo de ver, principalmente sindicalistas de outras categorias, não se deixe enganar, depositem confiança em quem tem uma historia de lutas e conquistas que é a sua AACES, só para exemplificar, as mesmas pessoas que estão sendo contra ao plano de cargos específicos dos agentes de saúde, são os mesmos que em 2014 insuflaram a categoria a não aceitar a proposta que elevaria nosso base á R$ 1,014,00 e incorporando 20% da nossa gratificação, hoje temos 107.5% de gratificação, na época ficaríamos com 87.5% .

Para entender melhor 

A PROPOSTA de 2014: Que a AACES foi a favor mais foi vencida em assembleia no campo grande.

Nosso base ficaria R$ 1.014,00 + 87.5% considerando que o nosso salario ficasse congelado de 2014 até hoje, estaríamos recebendo atualmente =  R$ 1.901.25, sem auxilio refeição e transporte.

Hoje estamos com um salário base de R$ 788.00 + 107.5% =  R$ 1.635,10, sem auxilio refeição e transporte.

TRADUZINDO, quando diminuímos R$ 1.901,25 - R$ 1.635,10 = R$ 266.15 é o que estamos acumulando mensalmente em prejuizo, isso ficar pior, quando multiplicamos por 3 anos de 2014 até 2017, igual a 36 mais 3 parcelas do decimo terceiro, totalizando 39 meses, 

39 X  R$ 266.15 =  R$ 10.379.85 ou seja alguns pseudos sindicalistas incentivaram a categoria por uma escolha  errada no passado, por conta disso deixamos de  ganhar R$ 266.15  por mês, ao longo de 3 anos mais de 10 mil reais.

Por isso colega, sua associação que tem uma historia de lutas e conquistas como foi no concurso, no retorno da insalubridade, na mudança de regime, na implantação do horário ininterrupto, esteve, está e sempre estará do seu lado, AGORA É A VEZ DO PLANO DE CARGOS DOS AGENTES DE SAÚDE, e não se deixe enganar, com lobos em pele de cardeiros, a luta continua,  em breve marcaremos nossa assembleia apenas com ACS e ACE,s. 


Direção da AACES





9 de agosto de 2017

Campanha salarial 2017 dos ACS e ACE,s, mais uma rodada de negociação



Em mais uma rodada de negociação HOJE 09/08 QUARTA-FEIRA com o secretário da Semge Thiago Dantas, o mesmo reafirmou que sobre reajuste, a prefeitura reitera os 5.5% para Setembro que é o avanço de nível, e que não apresentou o esbouço do plano de cargos e vencimentos dos Agentes de saúde, porque vai realizar outro estudo de impacto financeiro e que provavelmente na próxima semana quando tivermos outra rodada de negociação, irá apresentar o nosso PCV.

Na oportunidade esclarecemos que o reajuste da campanha salarial é uma coisa, e o plano de Cargos e Vencimentos é outra, e que o PCV será concluído após o termino da campanha salarial de 2017, o que será apresentado será apenas um modelo de como ficará nossa matriz salarial, e que venha o PCV para analisarmos com uma equipe técnica e levar para a categoria aprovar ou não.  

Por tanto quando tivermos uma contra proposta da gestão ou o esbouço do PCV, vamos tirar  uma data para apresentar em assembleia para os ACS e ACE,s, todos os servidores tiveram seu PCV, agora é a nossa vez...

Salário mínimo será de R$ 979 em 2018

O presidente Michel Temer sancionou, com vetos, a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) para 2018. A LDO estabelece as metas e prioridades do governo para o ano seguinte e orienta a elaboração da lei orçamentária anual. O texto sancionado está publicado na edição desta quarta-feira (9) do Diário Oficial da União. As informações são da Agência Brasil.
Uma das definições foi o aumento de 4,5% no salário mínimo, dos R$ 937 deste ano para R$ 979 em 2018. Na mensagem presidencial enviado ao Senado, o governo justifica que vetou alguns pontos por "contrariedade ao interesse público e inconstitucionalidade".
Um dos vetos foi ao item que registrava que o Executivo adotaria providências e medidas, inclusive com o envio de proposições ao Legislativo, com o objetivo de reduzir o montante de incentivos e benefícios de natureza tributária, financeira, creditícia ou patrimonial. A justificativa ao veto é que "o dispositivo poderia tornar ilegal medidas de caráter concessivo que se apresentem prementes ao longo do exercício."
Outro ponto vetado é o que previa que projetos de lei e medidas provisórias relacionadas ao aumento de gastos com pessoal e encargos sociais não poderiam ser usados para conceder reajustes salariais posteriores ao término do mandato presidencial em curso.
O governo argumentou que "a limitação prejudica a negociação das estruturas salariais com os servidores dos três poderes, impondo um marco final curto para a concessão de reajustes salariais". O texto lembra que muitas vezes reajustes são concedidos de forma parcelada em mais de um exercício fiscal.
ENTENDA A LDO
A LDO define as metas e prioridades do governo para o ano seguinte, orienta a elaboração da lei orçamentária anual e fixa limites para os orçamentos dos poderes Legislativo e Judiciário e do Ministério Público.
O texto sancionado mantém a meta fiscal proposta pelo governo e prevê, para 2018, um déficit primário de R$ 131,3 bilhões para o conjunto do setor público consolidado (que engloba o governo federal, os estados, municípios e as empresas estatais), sendo R$ 129 bilhões para os orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União e R$ 3,5 bilhões para o Programa de Dispêndios Globais.
A LDO estipula o aumento do salário mínimo de R$ 937 para R$ 979. Também projeta um crescimento real da economia brasileira de 2,5%, taxa básica de juros (Selic) em 9%, o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) de 4,5% no ano e o dólar a R$ 3,40 no fim de 2018.
Esta será a primeira LDO a entrar em vigor após aprovação do teto de gastos públicos, que atrela os gastos à inflação do ano anterior, por um período de 20 anos.

Divulgação

A colega de farda Mirtes Pereira Batista esta realizando a venda de uma casa em cajazeiras 6 próximo a Castelo Branco no valor de 32 mil podendo parcelar. tendo interesse no imóvel entre em contato através do numero 71 81716006  








09/08 CAS : Comissão de Assuntos Sociais - Em andamento Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias



Instruir o Projeto de Lei da Câmara nº 56, de 2017, que "altera a Lei nº 11.350, de 5 de outubro de 2006, para dispor sobre a reformulação das atribuições, a jornada e as condições de trabalho, o grau de formação profissional, os cursos de formação técnica e continuada e a indenização de transporte dos profissionais Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias."
Convidados
Fábio Fortunato Brasil de Carvalho
Coordenador-Substituto de Atenção Básica do Ministério da Saúde - SAS/MS
Ilda Angélica Correia
Presidente da Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde - Conacs
Luiz Cláudio Celestino de Souza
Diretor Financeiro da Federação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias - Fenasce
Fátima Virgínia Siqueira de Menezes Silva
Enfermeira colaboradora do Conselho Federal de Enfermagem - Cofen
Charles Cezar Tocantins de Souza
Vice-Presidente do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde - Conasems

Eleições da AACES 2017


Acontecerá no dia 11 de Agosto de 2017 das 8 ás 17 horas na rua do Salete numero 54 Barris Salvador Ba, as eleição da AACES Associação dos Agentes Comunitários e de Combate á Endemias de Salvador, expirando a data de inscrição de chapas no dia 08 de Agosto ás 17 horas, só houve uma chapa que se inscreveu, levando o nome Chapa 1 " AACES RENOVADA". Com os seguintes membros:

Diretoria Executiva

Enádio Nunes Pinto
Josué Souza Ferreira
Cleber Mascarenhas Bispo
Cassia Moreira Dias Cruz 
Genario Bispo dos Santos
Washington Pereira Ramos
Ana Lice Silva Costa
Valdilene Santos de Lima
Arivaldo Moreira Silva
Marizete Ferreira Santiago Pires 
Maria Nilza dos Desterro Costa.

Conselho Fiscal Titular

Neilton Souza Vieira
Ricardo Cerqueira
Ozidelia Lins dos Santos


Conselho Fiscal Suplente

Ubiratan Azevedo dos Santos
Antonio Carlos da Silva Conceição
Alex de Jesus Santos


Por tanto você colega que é filiado a AACES não pode deixar de votar nesta sexta feira dia 11 de Agosto, venha exercer seu direito democrático.

8 de agosto de 2017

Palestra sobre a reforma trabalhista para ACS e ACE em restrição

A AACES tem recebido muitas duvidas referente a questões trabalhistas, por isso a Associação dos Agentes Comunitários e de Combate a Endemias de Salvador- Ba estará realizando palestras com o corpo jurídico da AACES para retirada de duvidas e orientar os colegas, a primeira palestra acontecerá no dia 18 de Agosto ás 14 horas na Rua do Salete n 54 ao lado da faculdade Cairu Barris, a primeira fase sera especifica para os agentes de saúde em restrição provisoria e definitiva, e a pauta principal será os efeitos da reforma trabalhista para estes servidores.

Os agentes de saúde inscritos para palestra poderão também aferir a pressão e verificar a glicemia durante o evento.


Para participar da palestra é necessário   estar inscrito através do telefone 35613599 ou



Resultado de imagem para reforma trabalhista

Quem são os ACS e ACE?


Os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate a Endemias (ACE) são trabalhadores importantes dentro do Sistema Único de Saúde. Ambos trabalham com a comunidade da área, do bairro, da cidade ou da região rural para facilitar o acesso da população à saúde e prevenir doenças.
O ACS deve visitar regularmente residências e fazer registros da população, em relação a documentos básicos para o acesso aos serviços de saúde e em relação aos possíveis problemas de saúde que possam ser identificados na residência. Assim, o ACS deve orientar pessoas em relação à sua saúde, encaminhando ao posto de saúde ou outros locais de atendimento sempre que necessário.
O ACE promove ações de educação em saúde junto à comunidade e informa à população sobre os riscos das doenças. Além disso, o ACE também realiza visita aos imóveis e outras localidades com o objetivo de prevenir e controlar doenças como dengue, malária, leishmaniose e doença de Chagas; atua no controle de roedores e na prevenção de acidentes por cobras, escorpiões e aranhas; e participa das ações de vacinação de cães e gatos para prevenção e controle da raiva.
Onde trabalham?
Segundo a Lei 11.350 de 2006, os ACS e ACE trabalham no âmbito do Sistema Único de Saúde - SUS, na execução das atividades de responsabilidade dos entes federados, mediante vínculo direto entre os referidos Agentes e órgão ou entidade da administração direta, autárquica ou fundacional. 
Os ACS, como fazem parte da Política Nacional de Atenção Básica (Portaria nº 2.488 de 2011), devem sempre fazer parte de uma equipe de atenção básica ou de uma equipe de saúde da família na comunidade onde mora.
O ACE pode ser designado para diferentes áreas, mas faz parte da equipe de vigilância em saúde de uma Secretaria Municipal ou Estadual de Saúde, dependendo de qual dos dois seja seu empregador.

7 de agosto de 2017

Oficina de Maquiagem para Agentes de saúde

A maquiagem é muito importante especialmente para as mulheres. Basicamente o objetivo da maquiagem é a aplicação de determinado tipos de produtos no rosto sempre com o efeito cosmético.  A maquiagem está presente na vida das pessoas há muitos e muitos anos.
Atualmente as mulheres contam com diversos recursos. A indústria da beleza e do bem-estar é uma das que mais cresce no mundo todo, e um destes segmentos que acaba ganhando cada vez mais produtos e recursos é justamente o da maquiagem.
O problema é que foram criados tantos produtos diferentes e tantas formas de aplicação que muitas mulheres acabam ficando um pouco perdidas, especialmente as meninas que estão tendo o seu primeiro contato com a maquiagem.
Para ajudar a entender a como começar a fazer uma maquiagem correta, devido a grande solicitação após o evento do empoderamento feminino que AACES estará realizando uma oficia de noções básicas sobre cuidados com a pele e noções em maquiagem para as agentes de saúde associadas já inscritas com direito a brinde e sorteio e um coffe break ao final da oficina. 

Data : 04 e 05 de Setembro
Horário: 14h as 17h 
Local: Rua do Salete nº 54 ao lado da faculdade Visconde Cairu
Tema: Cuidados com a pele e noções em maquiagem
Material: Solicitamos que as servidoras tragam o material de maquiagem que já utilizam
Publico: Agentes de Saúde e seus dependentes já inscritos


Número de multas de trânsito em Salvador aumenta em 96% no primeiro semestre

Número de multas de trânsito em Salvador aumenta em 96% no primeiro semestre
Foto: Max Haack / Agecom
O número de multas de trânsito aplicadas em Salvador no primeiro semestre deste ano é quase o dobro do que foi registrado no mesmo período em 2016. De acordo com dados divulgados pelo jornal Correio neste sábado (5), as câmeras da Transalvador flagraram 8.171 infrações entre janeiro e junho de 2017, contra 4.177 nos mesmos meses do ano passado. Seguindo esse ritmo, não deve levar muito tempo até que os motoristas da capital baiana alcancem o total de multas de 2016, que foi de 8.826. A maior parte das infrações registradas (5.815) diz respeito a estacionamento irregular. O superintendente da Transalvador, Fabrizzio Muller, avalia que o aumento no número de multa se deve ao maior número de câmeras de fiscalização espalhadas pela cidade. Ainda de acordo com o Correio, o órgão de trânsito dispõe de 338 câmeras na capital baiana.
Fonte: Bahia Noticias

6 de agosto de 2017

Em sete meses, R$ 7,5 milhões: confira os gastos dos deputados federais baianos

Entre janeiro e julho deste ano de 2017, os deputados federais baianos custaram R$ 7,5 milhões aos cofres públicos. Por mês, cada deputado da Bahia tem R$ 39 mil de cota para gastos da atividade parlamentar. 
No ranking elaborado pelo BNews, o deputado federal Uldurico Júnior (PV), é o campeão dos gastos. Somente no mês de março, o verdista teve R$ 44 mil em gastos, sendo que R$ 32 mil foi com "divulgação da atividade parlamentar". Nos sete meses, Udurico Jr. teve R$ 251,3 mil em despesas. Procurado pela reportagem, o congressista justificou os dispêndios e atribuiu os gastos realizados no primeiro semestre de 2017 à "intensa programação de atividades parlamentares e a divulgação das mesmas como forma de prestação de contas à sociedade, principalmente seu eleitorado".
"Único parlamentar do Congresso Nacional representando a causa ambiental, único representante eleito pelo Partido Verde baiano no legislativo federal e membro titular de 05 comissões, Uldurico visitou somente nos últimos seis meses mais de 70 municípios da Bahia para o cumprimento de agenda oficial. Vale salientar que tudo se deu dentro das atribuições do mandato e das regras da Câmara dos Deputados, sendo gasto o que está previsto em lei e amplamente divulgado e comprovada as despesas", aponta a nota divulgada pelo mandato do verdista.
Suplente do deputado federal licenciado Josias Gomes (PT), Davidson Magalhães (PCdoB) é o segundo que mais gastou no semestre. Ele teve R$ 246,6 mil em despesas e explica: "Tenho escritório em Itabuna, em Salvador, além de ser presidente do partido, tenho atuação na região metropolitana. É muito complicado. Não tem nada de utilização indevida. É gasto com muita gasolina, é assessoria que viaja. Não sou empresário, não sou rico, tenho que usar a cota parlamentar". A maior despesa do comunista foi no mês de janeiro, quando gastou R$ 80 mil, sendo R$ 30 mil com "consultorias, pesquisas e trabalhos técnicos".
Confira o ranking completo:
Deputado federalTotal gasto
Uldurico Júnior (PV) R$                           251.337,36
Davidson Magalhães (PCdoB) R$                           246.612,79
Alice Portugal (PCdoB) R$                           244.998,22
Arthur Maia (PPS) R$                           240.806,42
Benito Gama (PTB) R$                           234.627,29
Mário Negromonte Jr. (PP) R$                           234.343,05
Elmar Nascimento (DEM) R$                           233.294,36
Ronaldo Carletto (PP) R$                           232.619,25
Jorge Solla (PT) R$                           230.207,47
José Carlos Aleluia (DEM) R$                           227.607,96
Bacelar (Podemos) R$                           227.272,96
Caetano (PT) R$                           225.258,77
Paulo Azi (DEM) R$                           222.333,07
Afonso Florence (PT) R$                           221.640,46
Bebeto Galvão (PSB) R$                           221.423,41
Cacá Leão (PP) R$                           219.328,26
Márcio Marinho (PRB) R$                           217.415,00
José Nunes (PSD) R$                           204.462,99
Waldenor Pereira (PT) R$                           202.551,49
Erivelton Santana (PEN) R$                           201.066,68
Daniel Almeida (PCdoB) R$                           200.809,71
Roberto Brito (PP) R$                           196.900,24
Paulo Magalhães (PSD) R$                           195.449,01
Valmir Assunção (PT) R$                           194.947,04
Nelson Pelegrino (PT) R$                           184.720,26
Irmão Lázaro (PSC) R$                           184.390,74
José Carlos Araújo (PR) R$                           176.045,19
João Carlos Bacelar (PR) R$                           169.414,35
Antônio Brito (PSD) R$                           162.680,21
Lúcio Vieira Lima (PMDB) R$                           156.588,02
João Gualberto (PSDB) R$                           155.897,24
Cláudio Cajado (DEM) R$                           153.249,85
Sérgio Brito (PSD) R$                           145.202,04
Robinson Almeida (PT) R$                           139.985,34
Pastor Luciano Braga (PRB) R$                           128.941,90
Tia Eron (PRB)* R$                           123.046,39
Jutahy Júnior (PSDB) R$                           106.939,71
José Rocha (PR) R$                           103.369,51
Félix Mendonça Jr. (PDT) R$                           100.438,50
Antônio Imbassahy** R$                             18.984,11
Fernando Torres (PSD)*** R$                             11.113,90
Marcos Medrado (Podemos)**** R$                                3.195,35
* Se licenciou do cargo em março para assumir a Secretaria de Promoção Social e Combate a Pobreza em Salvador.
** Assumiu a Secretaria de Governo na gestão de Michel Temer em fevereiro.
*** Assumiu a Secretaria de Desenvolvimento Urbano da Bahia no final de janeiro.
**** Suplente, assumiu a cadeira de deputado federal em junho.